in ,

Programação da 24.ª edição Seleção Caminhos (2018) Antevisão da XXIV edição

Programação da 24.ª edição Seleção Caminhos (2018) Antevisão da XXIV edição, Programação da 24.ª edição Seleção Caminhos (2018) Antevisão da XXIV edição

O Cinema, e o seu visionamento, foi desde sempre um fenómeno social, um prodígio dependente do movimento exterior num processo isócrono ao ritmo interior. Dentro de nós (imaginação e sonho) tudo é movimento, associado a um profundo e íntimo desejo de produzir e libertar essa afluência emocional e visual ao encontro da catarse. No fundo pretendemos libertar-nos dos limites físicos da nossa condição material, apresentando-se o Cinema como o método de uma outra forma de existir, de ver sonhos, de conhecer mundos interiores e viajar para os exteriores.


A vida é um género de orquestra de formas e ritmos, de história e metahistória, tendo o espetador a grande tela para conciliar (ou até desassossegar) aquilo que consensualmente considera garantido, autêntico ou com uma estranha convicção de obrigatoriedade. Este ritmo cinemático, que apenas se cria se o vemos, fornece uma visão abrangente do que são os múltiplos mundos dos nossos autores cinematográficos e, em última instância, vão respondendo a Bazin (que impôs grandeza dos autores cinéfilos) sobre aquilo que será cinema.

Ao absorver a atenção do espetador o filme substitui o seu ritmo privado, abraçando-o e à sua velocidade, entrando em cada um e dando vida à obra que sai da tela diretamente para as discussões, especulações e até à crítica. Tem sido função da “Seleção Caminhos” em particular, e do nosso festival em geral, divulgar o melhor do que é produzido em Portugal, dando voz e imagem a todos os que alimentam a chama da criatividade desta arte.

A condição de programador dos Caminhos, chamamos condição por envolver um contexto e noção de uma conjetura atual constante, implica o sobrepor da razão geral à comoção individual, da conceção ampla ao gosto pessoal. O importante é levar o espetador à sala, apelar ao seu gosto individual que – segundo Bénard da Costa – tem de ser instruído por uma pedagogia cinematográfica, por ganho de prazer e consciência artística. Para nós resta-nos o gosto de mostrar e fazer gostar, não sendo esses sentimentos menores!

Programar é um dos passos finais desta “mise-en-scène”, onde se vê tudo e se mostra parte de acordo com quem vai ver. Nesta XXIV Edição do festival Caminhos do Cinema Português, continuamos a acreditar que os criadores cinematográficos devem ser sempre equiparados aos autores de todas as outras artes já historicamente estabelecidas e por isso tratados com o mesmo cuidado e consideração. Seja qual for o seu formato, género, localidade ou até suporte financeiro, seremos sempre um catálogo vivo das principais manifestações audiovisuais que marcaram o ano desde a nossa última edição.

Os Caminhos do Cinema Português defendem, tal como Peter Von Bah, que a projeção tem de ser “a” projeção, um acontecimento que o espetador se lembre “talvez toda a vida”, reservando a nossa equipa os melhores espaços e as melhores telas para esta secção competitiva que visa enaltecer, reconhecer e premiar todos os que produzem cinema em Portugal.

Desta forma, a “Seleção Caminhos” desta edição prosseguirá a dar o merecido destaque ao conjunto de animações, ficções e documentários nacionais (autonomamente da sua duração), naquela que por nós é considerada uma das edições mais ricas de sempre. É a possibilidade de o nosso espetador assíduo, e daquele que pela primeira vez nos conhecerá, continuar a aprender e capturar o significado desta linguagem universal cuja gramática se apresenta – apesar de por vezes complexa – a que mais é transversal entre o real e o ficcionado.

Desde os apelos ao que ocorre no país e no mundo, ao recordar do que sucedeu e até ao imaginar o que nunca aconteceu, esta é a oportunidade de em sala vermos sonhos dos nossos artistas, de olhos abertos e ouvidos atentos, com grande imagem, grande som e a possibilidade de conhecer in loco os principais intervenientes desta manifestação (e manifesto) pelas artes cinematográficas.

Segue a lista das obras presentes na “Selecção Caminhos” da XXIV Edição dos Caminhos, num dos anos com mais inscrições e horas de visionamento para analisar e selecionar de sempre. E agora, citando a programadora Iris Barry, vamos ver filmes!

João R. Pais

Animações

TítuloRealizadorCategoriaProdutoraDuração
28 de OutubroTiago AlbuquerqueAnimaçãoAnimanostra00:10:41
AgouroDavid Doutel, Vasco SáAnimaçãoBando à Parte00:15:00
DesempregatoSara MarquesAnimaçãoTake It Easy00:04:54
Ensaio sobre a morteMargarida MadeiraAnimaçãoPickle Films00:05:43
Entre o Verão e o OutonoMaria Francisca PintoAnimaçãoUniv. Católica Portuguesa00:03:30
Entre SombrasMónica Santos, Alice GuimarãesAnimaçãoAnimais AVPL00:13:25
Porque é este o meu ofícioPaulo MonteiroAnimaçãoAnimanostra00:10:17
Razão entre dois volumesCatarina SobralAnimaçãoAnimanostra00:08:08

Documentário

TítuloRealizadorMetragemProdutoraDuração
MadnessJoão VianaCurta DocPapaveronoir00:12:24
Os MortosGonçalo RobaloCurta DocErrar Filmes00:27:56
Pele de LuzAndré GuiomarCurta DocPromarte / Real Ficção00:18:36
A CasaRui SimõesLonga DocReal Ficção01:18:00
À TardePedro FlorêncioLonga DocZêzere00:56:54
Até que o porno nos separe…Jorge PelicanoLonga DocAté ao Fim do Mundo01:30:00
Bostofrio, oú le ciel rejoint la terrePaulo CarneiroLonga DocPaulo Carneiro01:10:00
O Canto do OssobóSilas TinyLonga DocDivina Comédia01:23:37
O Homem-PykanteEdgar PêraLonga DocBando à Parte01:15:00
Terra FrancaLeonor TelesLonga DocUma Pedra No Sapato01:20:00
Turno do DiaPedro FlorêncioLonga DocZêzere01:58:17

Ficção

TítuloRealizadorCategoriaProdutoraDuração
20–02-80Jerónimo RochaCurta FicçãoTake It Easy Film00:04:44
3 Anos DepoisMarco AmaralCurta FicçãoUkbar Filmes00:13:00
A Estranha Casa na BrumaGuilherme DanielCurta FicçãoSuspício Filmes00:15:00
AnjoMiguel NunesCurta FicçãoVideolotion00:24:00
AnteuJoão VladimiroCurta Ficçãoterratreme filmes00:29:00
AquaparqueAna MoreiraCurta FicçãoCRIM00:15:58
CaliforniaNuno BaltazarCurta FicçãoNuno Baltazar00:13:45
CalipsoPaulo A. M. OliveiraCurta Ficção50cuts00:15:00
Como Fernando Pessoa salvou PortugalEugène GreenCurta FicçãoO Som e a Fúria00:27:00
Descobrindo a Variável PerfeitaRafael AlmeidaCurta FicçãoARTEiMANHA00:15:00
EquinócioIvo M. FerreiraCurta FicçãoARQUIPÉLAGO FILMES00:19:20
FilomenaPedro CabeleiraCurta FicçãoTrienal Arquitectura de Lisboa00:14:00
InversãoMiguel ÂngeloCurta FicçãoEFE00:10:32
Letters from ChildhoodJosé MagroCurta FicçãoCimbalino Filmes00:02:46
LuanaPedro MaganoCurta FicçãoPixbee00:23:00
MariaCatarina Neves RicciCurta FicçãoUkar00:29:00
NevoeiroDaniel VeleosoCurta Ficçãoterratreme filmes00:15:00
O Coração ReveladorSão José CorreiaCurta FicçãoUkbar | MVR00:10:03
O QuadroPaulo AraujoCurta FicçãoPaulo Araújo00:12:59
O Segredo da Casa FechadaTeresa GarciaCurta FicçãoCRIM00:29:58
Por Tua TestemunhaJoão PupoCurta Ficçãoterratreme filmes00:18:00
PródigoJoão LourençoCurta FicçãoLightbox00:10:58
Quando PudermosMiguel Cardoso FariaCurta FicçãoTAKE 200000:19:40
Quantas Vezes Tem Sonhado Comigo?Júlia BuiselCurta FicçãoReal Ficção00:17:47
RussaJoão Salaviza, Ricardo Alves Jr.Curta FicçãoKARÕ FILMES00:19:57
Segunda-FeiraSebastião SalgadoCurta FicçãoBro00:15:00
Self Destructive BoysAndré Santos, Marco LeãoCurta FicçãoBlackmaria00:27:00
Sombra LuminosaFrancisco Queimadela, Mariana CalóCurta Ficção00:22:00
Terra AmarelaDinis M. CostaCurta FicçãoB’lizzard / Kinétika00:18:00
A ÁrvoreAndré Gil MataLonga FicçãoCRIM01:44:00
Praça ParisLucia MuratLonga FicçãoFado Filmes01:50:00
Amantes na FronteiraAtsushi FunahashiLonga FicçãoBando à Parte02:18:00
ApariçãoFernando VendrellLonga FicçãoDavid & Golias01:55:00
Cabaret MaximeBruno de AlmeidaLonga FicçãoBlackmaria et al01:35:00
Caminhos MagnétykosEdgar PêraLonga FicçãoBando à Parte01:29:00
CargaBruno GasconLonga FicçãoCaracol Protagonista01:53:00
LevianoJustin AmorimLonga FicçãoPromenade Productions01:42:00
MariphasaSandro AguilarLonga FicçãoO Som e a Fúria01:26:00
Os Dois IrmãosFrancisco MansoLonga FicçãoTAKE 200001:34:00
Pedro e InêsAntónio FerreiraLonga FicçãoPersona Non Grata Pictures02:00:23
PeregrinaçãoJoão BotelhoLonga FicçãoAr de Filmes01:45:00
Soldado MilhõesGonçalo Galvão Teles, Jorge Paixão da CostaLonga FicçãoUkbar Filmes01:25:02
, Azuis vencem no estoril e registam 75% de vitórias na Proliga

Azuis vencem no estoril e registam 75% de vitórias na Proliga

, KINGDOM HEARTS III – Winnie the Pooh Trailer

KINGDOM HEARTS III – Winnie the Pooh Trailer