in

Pantera – Companhia Clara Andermatt

, Pantera – Companhia Clara Andermatt

Pantera – Companhia Clara Andermatt

Teatro & Arte | Dança


Cineteatro Louletano

Cineteatro

Classificação Etária

Maiores de 6 anos

Bilhete Pago

A partir dos 12 anos

Promotor

Câmara Municipal de Loulé

Sinopse

O músico e compositor Orlando Barreto, mais conhecido como Pantera, nasceu na ilha de Santiago, Cabo-Verde, em 1967 e deixou-nos aos 33 anos. A sua filha Darlene – que tinha apenas 6 anos à data de falecimento de seu pai – tem levado a cabo, nos últimos anos, uma profunda pesquisa sobre a vida e obra de Pantera; foi nesse contexto que nos lançou o desafio de lhe fazer uma homenagem.
Pantera abriu novos caminhos na música do seu país. Na sua voz pulsava Cabo Verde e as suas gentes: explorando as formas da tradição, fazia brotar uma poesia repleta de amor, perspicácia e assertividade.
Sobre esses traços encontramos a nossa própria visão, através das vivências que pudemos partilhar com ele, como amigo e como artista. Para além deste reencontro no reviver da sua criatividade e do seu afeto, seguimos um caminho de exploração, mergulhando na sua terra, costumes e cultura, não deixando de as projetar num mundo contemporâneo onde ele também se posicionava.
Este é, assim, um espetáculo construído nas andanças da memória. E é, sobretudo, uma intensa e dinâmica experiência de colaboração. Cada um dos intérpretes estabelece uma relação pessoal no relembrar da sua própria experiência e devolve-nos uma riqueza criativa que se converte no valor e no sentido desta homenagem.
Entre o muito que ficou por fazer e o muito que ficará por dizer, este é o nosso recado para o Pantera.

Ficha Artística

Ideia da homenagem: Darlene Barreto
Direção artística: Clara Andermatt
Cocriação: Clara Andermatt e João Lucas
Assistência à criação: Felix Lozano, Amélia Bentes
Intérpretes: Avelino Chantre (Avê), Bruno Amarante (Djam Neguin), Diogo Picão Oliveira, Domingos Sá (Kabum), Jorge Almeida, José Cardoso (Zeca), Nickita Bulú, Sócrates Napoleão
Participação especial: Mayra Andrade
Desenho de luz: Nuno Meira
Figurinos: José António Tenente
Espaço cénico: Artur Pinheiro
Desenho de som e operação: Ricardo Figueiredo
Operação de iluminação: Manuel Abrantes
Vídeo e making of: Catarina Alves Costa
Produção: Helena Menino e João Albano (Companhia Clara Andermatt)
Apoio à produção: Linha de Fuga, Jasper Walgrave
Parceiro Institucional: República Portuguesa / Ministério da Cultura
Coprodução: Fundação Centro Cultural de Belém, Teatro Municipal do Porto, Cineteatro Louletano
Residência de coprodução: O Espaço do Tempo, Musibéria
Parceiros na residência de pesquisa em Cabo Verde: Instituto Camões, Cooperação Portuguesa
em Cabo Verde, Centro Cultural Português na Praia, Câmara Municipal de Santa Catarina
Parceiro de comunicação: Antena 2
Apoio à transcrição do arquivo audiovisual: Universidade de Aveiro
Apoios e agradecimentos: Darlene Barreto, Andreia Falcão Mendes, João Branco, Bob Mascarenhas, Raiz di Polon, Estúdio Gota D’Arte, Teatro do Bairro, Centro Cultural de Cabo Verde em Lisboa

Informações Adicionais

A Fila B do 1.º Balcão e as Filas B e E do 2.º Balcão apresentam visibilidade reduzida.

Preços

Preço: 10 €
» Cartão de Amigo aplicável
» Desconto de 30% para acompanhante de pessoa com necessidades específicas e para maiores de 65 e menores de 25 anos
» Desconto de 50% para funcionários da Câmara Municipal de Loulé, mediante a apresentação de cartão (disponível apenas na bilheteira física)
» Desconto de 50% para Bilhete de Grupo (10 pessoas, disponível apenas na bilheteira física)
» Entrada gratuita para todas as pessoas com necessidades específicas, para crianças até aos 12 anos e para portadores do cartão sénior da Câmara Municipal de Loulé (disponível apenas mediante levantamento de ingresso na bilheteira física)

Sessão

09 abr 2022 21:00

Duração

80 minutos

Abertura Portas

20:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Comprar Bilhete

, Pantera – Companhia Clara Andermatt

, Concerto de Páscoa pela Orquestra Sinfónica do Algarve

Concerto de Páscoa pela Orquestra Sinfónica do Algarve

, MOSTRAR O SENTIR

MOSTRAR O SENTIR