em ,

Nissan e ENEL querem ligar veículos à rede elétrica

A Nissan, líder na indústria automóvel, e a Enel, uma empresa multinacional de energia elétrica, confirmaram o lançamento de um grande teste de ligação do veículo à rede elétrica (V2G), o primeiro de sempre realizado no Reino Unido. O teste será realizado instalando e ligando cem unidades V2G em locais acordados com proprietários de frotas e privados do Nissan LEAF e do furgão elétrico Nissan e-NV200.

A Nissan, líder na indústria automóvel, e a Enel, uma empresa multinacional de energia elétrica, confirmaram o lançamento de um grande teste de ligação do veículo à rede elétrica (V2G), o primeiro de sempre realizado no Reino Unido. O teste será realizado instalando e ligando cem unidades V2G em locais acordados com proprietários de frotas e privados do Nissan LEAF e do furgão elétrico Nissan e-NV200.

Ao proporcionar aos proprietários de veículos elétricos da Nissan a possibilidade de ligarem os seus veículos ao sistema V2G, estes terão a flexibilidade e o poder de venderem a energia armazenada na bateria do respetivo veículo à National Grid. Este anúncio foi feito no seguimento da assinatura do acordo de parceria V2G Nissan-Enel que se realizou em Paris, em dezembro de 2015, durante a 21.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP21) e o posterior arranque, em janeiro de 2016, da instalação de 40 unidades V2G na Dinamarca.

O anúncio marca o início de uma empolgante era para a gestão de energia. Isto não só irá permitir que os proprietários de veículos elétricos da Nissan tenham um papel ativo na estabilidade da rede elétrica, disponibilizando-lhes uma fonte de rendimento alternativa, como também irá revolucionar a forma como a energia elétrica é fornecida à rede elétrica. Uma vez escalada, a tecnologia V2G pode tornar-se um fator decisivo para os proprietários de veículos elétricos da Nissan no Reino Unido, à medida que se tornam participantes ativos e totalmente aptos no mercado energético do país.

Paul Willcox, Presidente da Nissan Europa, afirmou: “O teste no Reino Unido é um significativo passo em frente na gestão das energias renováveis, ajudando a moldar o futuro das indústrias, das cidades e das sociedades. A gestão inteligente de energia é um dos maiores desafios com que qualquer nação se irá deparar no futuro, pelo que este teste é tão essencial na avaliação da viabilidade de utilização de fontes de energia variáveis e mais flexíveis. Encaramos os veículos elétricos da Nissan como as “centrais energéticas” móveis do futuro, sendo pioneiros na apresentação de uma infraestrutura energética autossuficiente que irá ajudar a resolver os problemas de capacidade da rede no futuro.”

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Ricardo Araújo Pereira e Sagres lançam video de apoio à Seleção Nacional

Apple Watch apresentam queda nas vendas