em ,

Mute, novo filme de Paul Rudd produzido pela Netflix

A Netflix anunciou que o início das filmagens, em Berlim, do thriller Mute, de Duncan Jones (Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos). Protagonizada por Alexander Skarsgård (Tarzan, O Diário de Uma Adolescente), Paul Rudd (Homem-Formiga, Que Se Lixem As Notícias) e Justin Theroux (The Leftovers, A Rapariga no Comboio), esta longa-metragem, será produzida em conjunto com Stuart Fenegan (Liberty Films) e vem juntar-se à crescente lista de produções originais da Netflix para 2017.

Já há muito aguardado, este projecto baseia-se numa história que Duncan Jones criou há doze anos. O filme acompanha Leo (Skarsgård), um homem mudo à procura de uma pessoa desaparecida no ano de 2052 em Berlim, enquanto se confronte com dois bandidos interpretados por Paul Rudd e Justin Theroux. Duncan Jones colaborou com Michael Robert Johnson (Sherlock Holmes) para escrever o argumento. Charles J.D. Schlissel é o produtor executivo juntamente com os produtores Henning Molfenter, Charlie Woebcken e Christoph Fisser (Studio Babelsberg).

Mute agrega tudo aquilo que me fascina: noir, ficção científica e pessoas únicas em apuros pelo que são e por quem são. É com prazer que regresso a Berlim para a filmagem, um lugar onde vivi durante algum tempo enquanto crescia e estou animado por trabalhar com a Netflix num filme que me diz tanto”, disse Duncan Jones.

“Duncan Jones é um realizador muito dinâmico e a equipa que ele reuniu à frente e atrás da câmara revitaliza o género de ficção científica. Vai ser muito estimulante partilhar este filme para o ano com as diferentes audiências Netflix em todo o mundo”, referiu Ted Sarandos, CCO da Netflix.

O produtor Stuart Fenegan acrescentou ainda: “Duncan Jones partilhou comigo uma versão de Mute durante a nossa primeira reunião, há 13 anos, e desde então que a quero mostrar ao mundo. Entretanto, trabalhámos em Moon, Código Base e Warcraft e, enquanto isso, a Netflix tornou-se no lugar para filmes originais. A casa ideal para Mute.”

Mute junta-se à já relevante lista de filmes Originais da Netflix para 2017, que inclui títulos como Bright, do realizador David Ayer e protagonizado por Will Smith e Joel Edgerton; War Machine, do realizador David Michod e protagonizado por Brad Pitt; Okja realizado por Bong Joon-ho e com Tilda Swinton, Jake Gyllenhaal e Lily Collins como protagonistas; First They Killed My Father de Angelina Jolie; Death Note realizado por Adam Wingard e com Nat Wolff, Margaret Qualley e Lakeith Stanfield nos papéis principais; The Discovery do realizador Charlie McDowell e protagonizado por Robert Redford, Jason Segal e Rooney Mara; Our Souls at Night do realizador Ritesh Batra, com Robert Redford e Jane Fonda; Sandy Wexler, protagonizado por Adam Sandler e Jennifer Hudson; Naked, com Marlon Wayans e Regina Hall, e muitos outros títulos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Vaping também é tecnologia

Natação: Treinos de 19 a 24 de Maio

Jogo de emoções para Gerso