em ,

Metal Gear Survive cobra dinheiro por “save slots” adicionais

Já com Metal Gear Survive em mãos, os jogadores foram surpreendidos com a informação de que o jogo cobra 1000 moedas virtuais, que podem ser compradas com dinheiro real, por "save slots" adicionais.

A Konami já havia anunciado em Janeiro, que Metal Gear Survive ia contar com microtransacções, sem qualquer surpresa, visto que as mesmas já tinham estado presentes em Metal Gear Solid V: The Phantom Pain.

No entanto, só com Metal Gear Survive em mãos é que foi possível confirmar a aplicação dessas microtransacções.
Os jogadores foram surpreendidos com a informação de que o jogo cobra por save slots adicionais; quem quiser criar um novo save slot, para além do primeiro, tem que desembolsar 1000 “SV Coins“. A “SV Coin” é a moeda virtual do jogo, sendo que actualmente, de forma temporária para celebrar o lançamento do jogo, cada login diário disponibiliza 30 “SV Coins“, e a única alternativa para as obter, é comprando-as com dinheiro real.

Isto significa que caso queiram iniciar um segundo save, seja para ter uma segunda personagem ou para partilhar o jogo com algum amigo ou familiar na mesma consola, terão que comprar o pacote de 1150 “SV Coins“, por cerca de 10€.

010226 Gtsdlhksvb

Para além da compra de save slots adicionais, foi também confirmado que outras funcionalidades base estão bloqueadas por esta “barreira de pagamento“.
O jogo permite criar e personalizar quatro loadouts de equipamento, mas dispõe de mais quatro adicionais, cada um deles com um custo de 300 “SV Coins” para desbloquear. Já para aumentar a capacidade de armazenamento de armas do armazém, é necessário despender 500 “SV Coins“.

Metal Gear Survive cobra dinheiro por "save slots" adicionais

Em Metal Gear Survive, à semelhança do que já acontecia em títulos anteriores da série, é possível enviar soldados em missões que permitem expandir o exército e recolher materiais para desenvolver armamento e estruturas adicionais. Nesta mecânica, está também presente a possibilidade de comprar um boost, por 1000 “SV Coins“, que aumenta a probabilidade de sucesso dos soldados em missões e que, inclusivamente, permite que eles tragam de volta materiais que não estão acessíveis pelo método regular.

Ainda que a inclusão de microtransacções fosse algo expectável, colocá-las entre o jogador e algumas funcionalidades básicas, é uma decisão incomum, que se junta a uma longa lista de decisões tomadas pela Konami que têm vindo a causar desagrado na comunidade, e que em caso de sucesso, corre o risco de se tornar prática comum em futuros lançamentos.
De relembrar que desde o momento em que foi oficialmente anunciado, Metal Gear Survive tem vindo a estar envolvido nesta maré de controvérsia, principalmente por ser o primeiro título da série Metal Gear a ser produzido após a polémica saída do seu criador, Hideo Kojima, em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nova gama de carregadores da Hama carregam os nossos dispositivos à velocidade máxima

Nova gama de carregadores da Hama carregam os nossos dispositivos à velocidade máxima

Anselmo Ralph traz ao Campo Pequeno tour "Um em 1 milhão" em abril

Anselmo Ralph traz ao Campo Pequeno tour “Um em 1 milhão” em abril