em , ,

Já foi lançada a prequela não oficial de Harry Potter: “Voldemort: Origins of the Heir”

Os fãs da saga Harry Potter têm grandes motivos para sorrir este ano, começando desde logo com o lançamento neste sábado (13/01), da prequela não oficial "Voldemort: Origins of the Heir", um filme sem fins lucrativos feito de fãs para fãs.

Os fãs da saga Harry Potter têm grandes motivos para sorrir este ano, começando desde logo com o lançamento neste sábado (13/01), da prequela não oficial “Voldemort: Origins of the Heir“, um filme sem fins lucrativos feito de fãs para fãs.

O filme pode ser visto na integra no Youtube e não tem quaisquer relações com a Warner Bros ou com a J. K. Rowling, foi feito com o intuito de ser de fãs para outros fãs e nada mais.

Voldemort: Origins of the Heir, traz-nos a história de Tom Marvolo Riddle, quando entra na idade adulta, para quem não sabe, Riddle é o herdeiro que Slytherin, que veio mais tarde a tornar-se no feiticeiro negro mais temido de todos os tempos, Lord Voldemort.

Foi no livro e posteriormente no filme com o mesmo nome, “Harry Potter e a Câmara dos Segredos” que esta revelação nos foi dada a conhecer. Segundo o site oficial da produtora, esta ideia surgiu durante a releitura do sexto livro da saga do feiticeiro mais famoso do mundo, “Harry Potter e o Príncipe Misterioso“.

Nós (os criadores) questionámo-nos: O que levou o Tom Riddle a tornar-se em Voldemort? O que aconteceu nesses anos, e o que realmente aconteceu em Hogwarts quando ele voltou? Há algumas pistas nos livros que não são transpostas para os filmes, mas muito fica por falar. Esta é a história que queremos contar: a ascensão do Senhor das Trevas antes de Harry Potter e da sua primeira morte“.

Esta é sem dúvida uma questão pertinente, que os leitores mais atentos da saga em alguma altura da leitura se questionaram. Como é óbvio, J. K. Rowling escreveu a história de Harry, ao longo de sete livros, dando-nos a conhecer em determinadas alturas a história de algumas das outras personagens, mas muito vagamente. Alguns detalhes e pormenores, como o caso de Dumbledore, ser gay foram dados pela escritora mais tarde na plataforma Pottermore, mas ainda há muito que falta dizer.

Voldemort

É a partir desta premissa que o filme procura preencher alguns espaços em branco que foram deixados pela autora, no que diz respeito à história do vilão. A história é contada na perspectiva de Grisha McLaggen (herdeira de Gryffindor e amiga de juventude de Tom) e foca-se na busca do jovem pelos objectos perdidos dos fundadores de Hogwarts, que mais tarde são conhecidos como os talismãs da morte que Harry e os seus amigos destroem nos filmes oficiais.

Ao contrário dos filmes oficiais, os actores aqui são italianos. A produção recorreu a técnicas de voice-over para que o filme fosse falado em inglês. Este projecto atraiu atenções em Julho de 2016, na altura em que a Warner Bros interveio e interrompeu a iniciativa de crrowdfunding do projecto, usando o fundamento dos direitos de copyright. Mas, devido ao apoio e interesse do projecto por entre os fãs de todo o mundo, a gigante de Hollywood aceitou negociar com a produtora por detrás do projecto e um ano mais tarde a Warner Bros permitiu a produção deste filme sem fins lucrativos

Este ano temos também o segundo filme de Monstros Fantásticos, que tem data de estreia para 16 de Novembro. Está também previsto o lançamento de dois jogos para dispositivos moveis, “Harry Potter: Wizards Unite“, que é uma espécie de Pokemon Go mas do universo de Rowling e ainda “Harry Potter: Hogwarts Mistery“, que permitirá aos jogadores experimentar ser alunos na escola de magia e feitiçaria, Hogwarts.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

A segunda temporada da série “The Handmaid’s Tale” já tem data de estreia

Dolores O’Riordan, vocalista dos Cranberries, morre aos 46 anos