É já hoje a inauguração da exposição “Encontros” de Günter Grass, no Porto

A exposição prolonga-se até ao dia 23/09

A Casa-Museu Guerra Junqueiro, no Porto, inaugura hoje, a exposição “Encontros” que conta com obras plásticas do polémico Prémio Nobel da Literatura alemão Günter Grass (1927-2015).

Aberta ao público, a sessão vai realizar-se pelas 18h e nela participam Tilman Spengler e Katja Lange-Müller, ambos pertencentes ao círculo de escritores impulsionados pelo polémico Günter Grass que se reúne há 13 anos nos “Encontros Literários de Lübeck“, durante um fim-de-semana no Inverso. Os dois escritores vão fazer uma apresentação da mostra, seguindo-se a declamação de alguns poemas do autor de “O Tambor“.

A exposição “Encontros” – a que os chefes de Estado português e alemão, Marcelo Rebelo de Sousa e Frank-Walter Steinmeier, fazem uma visita privada durante a manhã – tem curadoria de Hilke Ohsoling (da Fundação Günter e Ute Grass) e foi criada no ano passado (2017) no âmbito da celebração de nascimento de Günter Grass, que passou diversas vezes por Portugal.

É já hoje a inauguração da exposição

O polémico escritor alemão faleceu com 87 anos em 2015, e é evocado com esta exposição até ao dia 23 de Setembro, naquela que é uma iniciativa do Goethe-Institut Portugal em colaboração com a Fundação Günter e Ute Grass, a Günter Grass-Haus, a Casa-Museu Guerra Junqueiro e a Câmara do Porto, com o apoio da Embaixada da Alemanha, da Associação São Bartolomeu dos Alemães e da Niepoort.

As visitas podem ser feitas de terça a domingo entre as 10h e as 17h30 a partir de hoje até ao dia 23 de Setembro, durante as segundas-feira e os feriados a exposição encontra-se fechada. A entrada é livre.