in

Gala Drop – Lançamento de ‘Amizade’ + Chima Hiro

Gala Drop – Lançamento de ‘Amizade’ + Chima Hiro

Gala Drop – Lançamento de ‘Amizade’ + Chima Hiro

Música & Festivais | Concerto

Galeria Zé dos Bois

Galeria

Classificação Etária

Maiores de 16 anos

Bilhete Pago

Todas as Idades

Promotor

Associação Zé dos Bois

Breve Introdução

Volvidos oito anos desde II, muita coisa mudou na vida. Na nossa, na vossa e na dos próprios Gala Drop. Muitas vezes, sem que tomássemos conta disso, com aqueles dois anos de uma existência semi-latente a deixarem uma neblina persistente e a gentrificação predatória a mudar o panorama da Lisboa que criou e dá poiso e vivências à banda desde sempre. Um sempre que chega praticamente a uma década e meia, com várias mutações pelo caminho a ditarem momentos de pausa, reflexão e novas perspectivas de um som que também tem sido ele mutável ao seu próprio ritmo e agenciamento, pautado desde 2009 pelo núcleo duro constituído por Afonso Simões e Nélson Gomes. Com Rui Dâmaso a transitar de II, os Gala Drop são agora um trio, após as saídas de Jerry the Cat e Guilherme Canhão. Com essa triangulação a trazer um enfoque para música da banda, Amizade faz jus ao nome numa celebração com vista panorâmica mas nunca dispersas sobre a cartografia que a banda tem explorado com singular e já patenteado entender e jogo de cintura. A hipnose e expansividade do krautrock, o espaço transviado do dub, a pulsação da house, os sonhos da baleares, polirritmias de várias latitudes e a sintonia comunitária de encontros e epifanias reais e ainda possíveis na cidade.

E todo esse vasto campo de conhecimento reaparece aqui novamente, sempre premente a novas inspirações e guinadas, mas de forma ainda mais sucinta e canalizada a uma música que, hoje em dia, podemos apenas entender como de Gala Drop. Com o trabalho em trio a potenciar naturalmente essa mesma direcção, numa residência promovida pelo gnration em Braga que possibilitou à sua gravação, Amizade revela todo o potencial psicadélico da banda em sete malhas concisas, de labor minucioso mas nunca forçado, feitas de cascatas de sintetizador, linhas de baixo líquidas, muita percussão em linha ténue entre o orgânico e o electrónico, ecos, guitarras pausadas e um sentimento esfuziante que irradia. Tudo é revelado. Nunca a banda tinha sido tão descaradamente dubby quanto em ‘Dub da Meia Noite’ e ‘Areal Dub’ nem alinhado momentos históricos distintos do hardcore continuum de UK – pianola em euforia rave e cut up vocal – num slow burner tão memorável quanto ‘Monte do Ouro’. Ou, deixando de lado o conluio com Ben Chasny em Broda, liberado as guitarras numa torrente de distorção como na lanzeira narcótica de ‘Guitarra Voadora’. ‘Amizade’ indicia tudo isso como escapismo feliz e no final, ‘Raio’ transmuta a meditação rítmica do dubstep original num crescendo cósmico funky. Abraços. Porque estamos cada vez mais necessitados de ligações, e apesar de toda a névoa que cobre estes tempos, podemos pelo menos por agora, celebrar em conjunto. Este álbum está aqui para isso. BS

Abertura de Portas

21h30

Preços

  • Entrada – 9€

Sessão

02 out 2022 19:00

Duração

180 minutos

Comprar Bilhete

Gala Drop – Lançamento de ‘Amizade’ + Chima Hiro

Gala Drop – Lançamento de ‘Amizade’ + Chima HiroGoogle Notícias

Siga o CA Notícias na Google e leia as notícias em primeira mão!
Semana do Caloiro 2022 – Passe Geral

Semana do Caloiro 2022 – Passe Geral

PEDRAS COM ASAS

PEDRAS COM ASAS