in

Festival “One World: Together at Home” angariou cerca de 117 milhões de euros

A iniciativa, liderada por Lady Gaga, juntou grandes estrelas da música mundial para cantarem a partir de casa num evento para apoiar os profissionais de saúde. 

one world,together at home,festival,angariou,covid-19, Festival “One World: Together at Home” angariou cerca de 117 milhões de euros

Na noite deste sábado para domingo, a partir da uma da manhã (hora de Portugal continental), grandes estrelas da música mundial uniram-se para agradecer e ajudar os profissionais de saúde que têm estado na frente da batalha contra a COVID-19. A iniciativa “One World: Together at Home”, promovida pela Global Citizen e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), juntou mais de 100 artistas que, a partir das suas casas, deram concertos para o mundo.


O espetáculo organizado por Lady Gaga angariou 127,9 milhões de dólares (cerca de 117 milhões de euros). Segundo a organização, os donativos feitos a partir da página da Organização Mundial da Saúde (OMS), e o apoio de vários patrocinadores, serão distribuídos pela OMS e outra vai ser distribuída por várias instituições de saúde locais americanas, que estão na linha da frente no combate contra a pandemia COVID-19.

O festival, transmitido pelos principais canais norte-americanos (ABC, NBC, ViacomCBS Networks), e online (Alibaba, Amazon Prime Video, Apple, Facebook, Instagram, LiveXLive, Tencent, Tencent Music Grup, TIDAL, TuneIn, Twitch, Twitter, Yahoo e YouTube), teve como apresentação Jimmy Fallon, Jimmy Kimmel e Stephen Colbert, com a ajuda do elenco da “Rua Sésamo”.

Em Portugal, os concertos puderam ser acompanhados em direto na TVI e na MTV. Na estação de Queluz de Baixo, a emissão arrancou à meia-noite com o Rui Maria Pêgo e a Rita Rugeroni. Aos apresentadores se juntaram, via Skype, artistas portugueses que tocaram versões de outros músicos na emissão televisiva. Carolina Deslandes e Diogo Clemente interpretaram “Ordinary People”, de John Legend; David Fonseca cantou “Bad Guy”, de Billie Eilish, e Salvador Sobral tocou ao piano “All the Good Girls Go To Hell”, também de Billie Eilish.

A partir da uma da manhã arrancaram os concertos com os comentários de Diogo Beja e Nuno Markl.

Lizzo, Billie Eilish, Anitta, Camila Cabello, Shawn Mendes, J Balvin, Jennifer Lopez, Taylor Swift, Usher, Paul McCartney, Maluma, Eddie Vedder (dos Pearl Jam), Billie Joe Armstrong (dos Green Day), Finneas, Stevie Wonder ou Chris Martin (dos Coldplay) foram alguns dos artistas convidados, num evento que durou mais de oito horas – pode ver (ou rever) os concertos aqui.

Num comunicado publicado no site da OMS, Hugh Evans, co-fundador e diretor-executivo da Global Citizen, explicou que, além honrar e apoiar “os esforços heróicos dos profissionais de saúde de todas as comunidades, o One World: Together at Home procura também funcionar como uma fonte de unidade e de incentivo à luta global contra a Covid-19”. “Através da música, do entretenimento e do seu impacto, o elenco que reunimos vai celebrar, ao vivo, todos aqueles que arriscam a sua própria saúde para proteger a de todos os outros”, acrescentou.

Na mesma nota, o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, disse que o concerto é “uma poderosa demonstração de solidariedade contra uma ameaça comum”.

O concerto visa mobilizar contribuições para o fundo Covid-19 Solidarity Response da Organização Mundial de Saúde, potenciado pelas Nações Unidas.

, Anna – Assassina Profissional estreia hoje no TVCine Top

Anna – Assassina Profissional estreia hoje no TVCine Top

, Grounded Story Trailer

Grounded Story Trailer