em ,

Exib Música começou hoje em Setúbal e falámos com a directora executiva do evento

A V edição do Exib Música começou hoje em Setúbal e falámos com a directora executiva do evento, Adriana Pedret, sobre o que se pode esperar desta edição. Leia aqui a entrevista e saiba qual o calendário dos concertos do evento que vai animar a cidade de Setúbal até Sábado.

A cidade de Setúbal recebe a partir de hoje e até Sábado a V edição do EXIB Música Setúbal 2019 (Expo Ibero-Americana de Música), que pretende divulgar a cultura musical da América Latina. Esta edição leva a Setúbal mais de 20 concertos de artistas ibero-americanos, todos com entrada livre.

Por ocasião da abertura desta V edição do Exib Música, falamos com a porta-voz e diretora executiva do evento, Adriana Pedret, sobre o que se pode se esperar sobre esta edição. Leia em seguida a entrevista na íntegra:

 

CA Notícias – No que consiste o Exib Música e o que oferece à cidade e habitantes de Setúbal?

Adriana Pedret – EXIB Música é um encontro internacional especializado em música Ibero-americana que tem como objetivo promover a difusão cultural Ibero-americana e promover o diálogo intercultural com a Europa. EXIB Música tem como objetivo ser uma plataforma para a Inovação Cultural Sustentável, e esta edição é o reflexo dessa intenção.
E porque a EXIB Música faz-se com um pouco de cada cidade, Setúbal vai certamente ser uma edição diferente. Setúbal será palco da diversidade que norteia a música EXIB, com propostas musicais originais e de grande autenticidade que chegarão de diferentes partes da América, Espanha e Portugal. A Praça do Bocage, a Casa da Baía e o Coreto, na Av. Luísa Todi, serão os palcos onde irão decorrer os 21 showcases de acesso gratuito, com a presença de mais de 100 músicos ibero-americanos que proporcionarão ao visitante largas horas de música. Uma iniciativa que conta com a colaboração de profissionais de mais de 30 países.

CA Notícias – Quais os destaques da programação da edição deste ano?

AP – A V Edição do EXIB Música Setúbal 2019 contará com a Mostra Portugal, que integra Showcases e projetos de artistas portugueses, para além de uma amostra de artesanato e produtos locais e espaços de encontro para promover a internacionalização da música e cultura da região. Para além dos Showcases internacionais, do Encontro sobre Gestão Musical e a Cidade e do Prémio EXIB para a música Ibero-americana. Uma oportunidade muito especial para viver a experiência EXIB e disfrutar da diversidade musical e cultural Ibero-americana, no ambiente ideal.

CA Notícias – Porquê a escolha pela cidade de Setúbal?

AP – Setúbal, faz-nos melhores e estamos felizes de poder colaborar e mostrar ao mundo a beleza desta cidade, a sua identidade e as suas gentes, assim como todo o espaço geográfico que a alberga.

CA Notícias – É sabido que o Exib Música irá homenagear Zeca Afonso nesta edição. É possível revelar um pouco sobre o que está a ser preparado para essa homenagem?

AP – O Prémio EXIB para a Música Ibero-Americana acontece pela primeira vez nesta edição e é um reconhecimento inspirado nas premissas do EXIB Música. O seu lançamento é inspirado numa saudade, movida pelo desejo de prestar uma sentida homenagem a algumas personalidades que deram um precioso contributo para a música Ibero-americana. Os nomes de Zeca Afonso e Mercedes Sosa, foi algo que surgiu de uma forma muito natural, uma vez que são referências que estão no imaginário musical da música Ibero-americana.

CA Notícias – Quantas pessoas esperam que passem pelo evento?

AP – Esta V Edição tem tipo uma fantástica resposta a nível internacional, por parte do setor musical e cultural. Receberemos profissionais de mais de 15 países, entre os quais assinalamos o Reino Unido, Coreia, Holanda, Suécia, Espanha, Argentina, Luxemburgo, Finlândia, Eslovénia, Uruguai, Colômbia, México, Costa Rica, Brasil, entre outros. A seleção de artistas para os Showcases desta edição reunirá projetos do Uruguai, Argentina, Paraguai, México, Venezuela, Perú, Espanha e Portugal.

CA Notícias – Estes encontros musicais internacionais podem ajudar a criar um espírito de maior compreensão e aceitação de outras culturas?

AP – Este é sem dúvida o objetivo do EXIB Música, que visa reconhecer o contributo da música Ibero-americana em torno de premissas como o Impulso, Compromisso,
Diversidade e Identidade, e são estas que inspiram uma iniciativa que procura também ser um encontro de culturas.
Acreditam que possam surgir colaborações futuras entre os artistas que participam no festival? As edições anteriores do EXIB geraram oportunidades de circulação e difusão de 122 artistas. Sem dúvida, que esta nova edição será uma nova oportunidade para aumentar as oportunidades e fortalecer as redes de colaboração.

CA Notícias – Qual o futuro da Exib Música?

AP – Cada edição do EXIB Música é um novo desafio. É um esforço enorme de uma equipa fantástica que acredita que a colaboração é o grande impulsionador de uma gestão musical culturalmente sustentável. O encerramento de cada edição é sempre o inicio de um novo ciclo.

 

CALENDÁRIO DOS CONCERTOS DA V EDIÇÃO EXIB MÚSICA

13 de junho

13h30 — Concerto da banda de música popular portuguesa Marafona (Portugal), no Palco do Coreto da Avenida Luísa Todi.

17 horas — Concerto dos Músicas Afortunadas (Canárias), no Palco da Casa da Baía.

18 horas — Espetáculo dos Segue-me à Capela (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

19 horas — Caña Dulce Caña Brava (México), no Palco Praça do Bocage.

20 horas — Anna Ferrer (Menorca), no Palco Praça do Bocage.

21 horas — Trio Ventana (Uruguai), no Palco Praça do Bocage.

22 horas — Juanjo Corbalán (Paraguai), no Palco Praça do Bocage.

23 horas — Seiva (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

00h00 — Betsayda Machado e Parranda El Clavo (Venezuela), no Palco Praça do Bocage.

 

14 de junho

17 horas — Maria João Fura (Portugal), no Palco Casa da Baía.

18 horas — Magano (Portugal), no Palco Casa da Baía.

18h30 — Carolina Araoz (Perú), no Palco Praça do Bocage.

19h30 — Pulsos del Vento (Argentina), no Palco Praça do Bocage.

20h30 — Nahuel Jofré (Argentina), no Palco Praça do Bocage.

21h30 — Xosé Lois Romero e Aliboria (Galiza), no Palco Praça do Bocage.

22h30 — Cuarteto Karé (Argentina), no Palco Praça do Bocage.

23h30 — Ana Prada (Uruguai), no Palco da Praça do Bocage.

00h30 — Susana Travassos (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

 

15 de junho

13h30 — Zanguizarra (Portugal), no Palco do Coreto da Avenida Luísa Todi.

18h30 — Diabo a Sete (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

unnamed (4)

Camané é o cabeça-de-cartaz do palco EDP Fado Café no 1º dia do NOS Alive

Destiny 2: Shadowkeep | Trailer de Anúncio | PS4

Destiny 2: Shadowkeep | Trailer de Anúncio | PS4