in

D’Alva lançam novo single com Cláudia Pascoal: “Honesty Bar”

unnamed (67)

Depois de revelado “SÓ A PENSAR”, o primeiro single do terceiro álbum de originais dos D’ALVA“SOMOS”, que tem data de lançamento prevista ainda para 2021, a banda dá agora a conhecer mais uma faixa do disco, desta vez um feat. com Cláudia Pascoal.

“Honesty Bar” é o tema que junta a banda e a artista no mesmo universo e o resultado é uma química perfeita entres as vozes de Cláudia Pascoal e de Alex D’Alva Teixeira. Uma canção enérgica e viciante.

Para Cláudia Pascoal “coexistir com a música é difícil. Sentir uma ligação próxima e confiante com o nosso trabalho é um exercício, que no meu caso, vai requerer muito tempo. Mas com o Ben e o Alex foi o oposto disso. Eles fizeram-me sentir em casa e valorizada! E isso é tão raro nos dias de hoje. Música para mim são o que eles pregam! É a comunicação do bem-estar, culminado pelo encontro de pessoas que só querem ter um pouco de arco íris no mundo. E isso é bonito”.

Já Ben Monteiro explica o ponto de partida desta colaboração “desde a primeira forma da possível canção que foi importante trazer uma voz feminina e a voz da Cláudia Pascoal era a única que conseguíamos imaginar a encaixar nesta canção e elevá-la. O espírito com que faz a sua própria música é exatamente o que acreditamos que a Pop precisa: ser feita com seriedade, mas não se levar demasiado a sério. Pessoalmente não esperava que a canção ecoasse tanto com o Alex ou mesmo a Cláudia ou todas as pessoas que a ouviram no seu resquício inicial, mas esse é sempre o sinal de uma boa e honesta canção, ser pessoal e falar a outros”.

“Honesty Bar” nasce da frase que tanto se ouviu em 2020 “o primeiro ano sem canções de verão”. O refrão “não quero mais uma canção de verão, quero o verão da canção” apegou-se à música que estava a sair dos acordes. A ideia ficou em maturação e solidificou-se numa viagem da banda durante o verão de 2020 à Madeira, no peculiar “Honesty Bar” do hotel Estalagem da Ponta do Sol. Nesse bar sem serviço os hóspedes servem-se do que querem e é pela sua honestidade que declaram o que consomem, como a música deve de ser: honesta

Este novo lançamento é também o momento que marca a evolução dos D’ALVA enquanto duo para trio, com a integração definitiva de Gonçalo de Almeida, baterista que acompanha o projeto desde o primeiro concerto. Ao vivo a química existia, e em estúdio confirmou-se. “Desde o início que dizemos “Somos D’ALVA” antes de cada concerto e sempre olhámos para isto como um colectivo, não um duo, e na verdade este passo foi apenas uma formalidade de uma relação que já estava consumada. Faz todo o sentido honrar e premiar quem já é tão parte disto como nós dois”, reforça Alex D’Alva Teixeira.

Highlights | Resumo: Moreirense 2-2 Belenenses SAD (Liga 20/21 #21)

Highlights | Resumo: Moreirense 2-2 Belenenses SAD SAD (Liga 20/21 #21)

Ratchet-Clank

Ratchet & Clank hoje de oferta na PlayStation Store com a iniciativa Play At Home