in ,

Crítica: “Jigsaw – O Legado de Saw”

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Passaram-se sete anos desde que foi lançado o (suposto) último capítulo do franchise “Saw”. No entanto, algo que parecia ter terminado, regressa agora com “Jigsaw: O Legado de Saw”, que passa a ser o oitavo filme da saga.

No que toca a estes filmes, ou se gosta ou se odeia. Muitos fãs certamente aguardavam o regresso de “Saw”, mas, sendo que o famoso assassino protagonista destes filmes já estava morto há tanto tempo, qual é a necessidade de “ressuscitar” esta saga?

Logo através do nome do filme, percebemos que vamos assistir ao legado deixado pelo famoso serial-killer que tão bem já conhecemos. Como o filme é sobre o seu legado, mesmo antes de vermos “Jigsaw” já sabemos que alguém vai assumir o seu papel e dar continuidade aos jogos mortais.

Realizado pelos irmãos Spierig, “Jigsaw: O Legado de Saw” consegue ser melhor que algumas das sequelas, mas nunca haverá nada melhor que o primeiro “Saw” – onde ainda havia terror psicológico e não apenas mortes sangrentas.

Aqui não temos nada de novo. O único interesse deste filme são mesmo as armadilhas e mesmo assim também já não são novidade. No que toca às personagens, não nos interessamos por nenhum dos protagonistas e, sinceramente, não nos interessa se eles se conseguem salvar ou não. Nenhum deles consegue conquistar a nossa empatia, nem mesmo Anna (interpretada por Laura Vandervoort), que claramente está num lugar de destaque no filme.

No final, temos o típico plot twist. Consegue ser surpreendente porque o “herdeiro” de Jigsaw é alguém de quem nós à partida não vamos suspeitar. Mas depois de sabermos quem é percebemos que estavam várias pistas espalhadas ao longo do filme.

No elenco temos Matt Passmore, Callum Keith Rennie, Hannah Emily Anderson, Clé Bennettt, Laura Vandervoort, Paul Braunstein, Mandela Van Peebles, entre outros. Para alegrar os fãs, alguns atores que fizeram personagens antigas vão estar de volta, mas não vou revelar quem são. É surpresa…

Agora certamente podemos esperar uma continuação para este legado, porque é óbvio que as coisas (infelizmente) não vão ficar por aqui.

“Jigsaw: O Legado de Saw” está agora nas salas de cinema portuguesas e não deixa de ser um bom filme para se ver na altura do Halloween.

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Os Melhores Adeptos: Episódio 146

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Android Oreo está cada vez mais próximo do LG G6