in

Benfica condena cânticos alusivos à morte de adepto sportinguista

Benfica, morte, very-light, Benfica condena cânticos alusivos à morte de adepto sportinguista

No passado sábado, na partida de futsal entre Benfica e Sporting, a claque das águias imitou o som de um very-light, provocando os sportinguistas presentes no pavilhão da Luz ao fazer alusão à morte de um adepto do Sporting no Jamor.

O Benfica voltou esta segunda-feira a reagir aos cânticos entoados por parte de uma das suas claques, que fizeram referência à morte de Rui Mendes, um adepto leonino que morreu na final da Taça de Portugal de 1996, no estádio do Jamor, atingido por um very-light atirado por um adepto benfiquista.


Em comunicado no seu site oficial, a Direção de Comunicação dos encarnados repete o “repúdio e a condenação de forma veemente sobre os lamentáveis e inqualificáveis cânticos de um grupo de adeptos” do clube.

“São comportamentos inaceitáveis, que merecem uma pública condenação, tais como os insultuosos cânticos à memória de Eusébio que foram feitos pela claque de outro clube e que estamos certos nada tem a ver com a instituição Sporting Clube de Portugal”, lê-se ainda no comunicado.

Por fim, as águias deixam uma mensagem de “confiança” relativamente ao derby de futebol do próximo sábado entre os dois rivais, assegurando que “será mais um momento de festa, convívio e sã rivalidade e competição entre os atletas e adeptos dos dois clubes”.

, Belenenses anuncia entrada nos eSports

Belenenses anuncia entrada nos eSports

, Quim Machado reuniu com a SAD durante a manhã

Quim Machado reuniu com a SAD durante a manhã