in , ,

Análise – “Homem-Formiga” (2015)

, Análise – “Homem-Formiga” (2015)

Em 2015, o Homem-Formiga chegou aos cinemas num filme que parecia não ser nada de especial, mas que foi capaz de surpreender toda a gente. Um filme de super-heróis, com muita comédia à mistura, em grande parte devido ao protagonista, Scott Lang. Rapidamente se tornou num dos filmes mais apreciados da MCU. Agora que estamos em vésperas de estreia de uma sequela, decidimos rever o primeiro filme e lembrar um pouco todos os acontecimentos.


O filme começou por nos mostrar Hank Pym (interpretado por Michael Douglas) a despedir-se da S.H.I.E.L.D depois de descobrir que a organização tentou copiar uma invenção sua: um fato que permitia diminuir o tamanho.

Anos mais tarde, Scott Lang (Paul Rudd), um ladrão, assalta uma casa e encontra um fato bastante estranho, que decide roubar. Quando experimenta o fato, rapidamente percebe que este faz com que diminua o seu tamanho, ao ponto de se tornar tão pequeno quanto uma formiga.

Ao mesmo tempo, na empresa Pym Technologies, o inventor Darren Cross (Corey Stoll) revela um novo fato – o Yellowjacket – que também permite encolher, mas que ainda se encontra em fase experimental.

Assustado com os perigos que podem ser provocados por esta nova criação inspirada na sua, Hank Pym decide “contratar” Scott, de modo a impedir que o Yellowjacket faça um negócio com a Hydra.

Pelo meio, entra a filha de Hank, Hope Van Dyne (Evangeline Lilly), que está totalmente contra o facto de o pai querer a ajuda de Scott, mostrando que ela mesmo conseguiria ajudá-lo. No entanto, acaba por treinar Scott, de modo a torná-lo num incrível Homem-Formiga.

A história de “Homem-Formiga” é simples, mas consegue agarrar-nos até ao fim. Existem muitas piadas, mas não tantas como nos “Guardiões da Galáxia”, e, felizmente, aparecem sempre nos momentos certos, o que torna o filme divertido.

Um dos principais pontos fortes deste filme são as sequências em que o Homem-Formiga está realmente pequeno e vemos tudo do ponto de vista de uma formiga, com grandes cenários à volta, que na verdade nem são assim tão grandes – como é o caso de uma zona cheia de brinquedos, onde se dá uma das “lutas”.

Esta parecia ser uma aposta fraca por parte da Marvel, tendo em conta que era uma personagem pouco conhecida. No entanto, acabou por se tornar numa personagem admirada pelos fãs, que ficaram bastante satisfeitos com este filme.

“Homem-Formiga e a Vespa” estreia já na próxima quinta-feira e traz-nos uma parceira para o Homem-Formiga, a VespaHope Van Dyne. Lembramos que a trama do filme se situa depois dos acontecimentos de “Capitão América: Guerra Civil” e não depois dos acontecimentos deste primeiro filme.

, Evandro Barros chega dos Açores para atacar a subida de divisão

Evandro Barros chega dos Açores para atacar a subida de divisão

, O QUEBRA-NOZES E OS QUATRO REINOS ganhou novo trailer e poster

O QUEBRA-NOZES E OS QUATRO REINOS ganhou novo trailer e poster