Análise Gaming – ‘Spyro Reignited Trilogy’

Disponível para: Playstation 4 e XBOX One

Spyro está de regresso, com a mesma atitude poderosa, mas agora numa arrebatadora qualidade HD, na coleção ‘Spyro Reignited Trilogy’, que recria as três aventuras originais da série: ‘Spyro The Dragon’, ‘Spyro 2: Ripto’s Rage!’ e ‘Spyro: Year of the Dragon’. Saiba o que achámos desta remasterização.

Estávamos em 1998 quando a Insomniac Games apresentava uma personagem que seria tão marcante na primeira Playstation que passou a ser considerada como uma mascote da consola, ao lado de Crash Bandicoot. Spyro via a luz do dia depois da consola já ter recebido dois títulos do marsupial laranja, e por isso os fãs de plataformas já sabiam do que a Playstation 1 era capaz. ‘Spyro The Dragon’ foi um sucesso, dando aos jogadores mundos coloridos para explorar e controlar uma dragão adorável, mas com atitude e ataques divertidos de usar. Foi o primeiro passo para uma série que deu mais dois jogos muito bem sucedidos na Playstation 1: ‘Spyro 2: Ripto’s Rage’ e ‘Spyro: Year of The Dragon’.

Mas desde o lançamento do terceiro jogo que os fãs de Spyro nunca receberam o tratamento adequado. A personagem continuou a figurar em jogos, quase todos esquecíveis, e foi ainda responsável por uma das franquias mais bem sucedidas entre os mais novos uns anos antes. Falamos claro de Skylanders.

Spyro™ Reignited Trilogy 4

Com a remasterização da trilogia original de Crash nas consolas da nova geração, os fãs do dragão roxo arregalaram os seus olhos pela primeira vez em relação à eventualidade de poderem jogar novamente os títulos que marcaram uma geração. E como a remasterização de Crash foi um êxito estupendo, seria imprudente da parte da Activision não ouvir os fãs do dragãozinho.

‘Spyro Reignited Trilogy’ é a resposta expectável, remasterizando os três títulos originais e chegou às lojas neste final de ano recheado de jogos espectaculares. Mas isso não quer dizer que esta remasterização deve ser posta de lado. O trabalho desenvolvido pela Toys for Bob é impressionante, conseguindo recriar os três jogos de forma exímia, tornando a experiência de controlar Spyro moderna e adaptada aos padrões a que estamos habituados actualmente.

Spyro™ Reignited Trilogy 33701129605033200677.

Em ‘Spyro The Dragon’ somos confrontados com um inimigo Gnasty Gnorc que acaba por fazer com que os dragões sejam presos em pedra, enquanto que Spyro consegue fugir a esse feitiço. O mote para o primeiro título é o salvamento dos dragões presos e tentar obter o maior número de gemas e ovos pelo caminho, até enfrentar o vilão do jogo. A história não é do mais rebuscado que já se viu em animações, até porque não é esse o objectivo de Spyro, nem nunca foi. A série Spyro foi direccionada para um público mais jovem (em contraste por exemplo com Crash Bandicoot), e portanto havia um grande cuidado em oferecer uma experiência acessível, divertida e colorida. Esta remasterização faz jus a isso, oferecendo mundos lindíssimos, recreados de uma forma que nem os originais conseguiam, muito devido às limitações da tecnologia da altura.

Controlar Spyro é tão fácil e divertido, que o mais provável é que quando dermos por nós já se passaram várias horas desde que pegámos no comando. Isso também muito se deve ao conceito dos jogos, focados essencialmente nos coleccionáveis que podemos ir apanhando, recompensando o jogador pelo esforço e tempo dedicado.

Spyro™ Reignited Trilogy2110478939911169612.

O trabalho de adaptação da Toys for Bob é sentido especialmente na uniformização dos três jogos, tanto visualmente como na jogabilidade, pois se entre o segundo e o terceiro título não existem grandes diferenças, entre o primeiro e o segundo originalmente sentia-se a evolução da franquia. Em ‘Spyro Reignited Trilogy’ como os três jogos estão dentro do mesmo pacote, isso foi limado e não se sente de forma tão evidente o salto qualitativo. No entanto, para quem jogou os originais e é fã de Spyro, dá para perceber que é em ‘Spyro 2: Ripto’s Rage’ que a série se apresenta em melhor plano. Para além de ter um vilão e trama mais interessantes, os mundos pelos quais passamos são mais ricos e contêm mais conteúdo. Os minijogos do segundo título e novas habilidades de Spyro ajudam a quebrar alguma repetição nas acções realizadas durante as cerca de 6 horas que demora a terminar o jogo (mas não a completá-lo totalmente).

Spyro: Year of the Dragon’, na altura, foi uma boa despedida do dragão roxo e a experiência nesta remasterização mantém-se. Não considerando o melhor dos três, não acaba por ser diferente o suficiente do anterior para se destacar. Se fosse nos dias de hoje, ‘Spyro: Year of the Dragon’ provavelmente seria um DLC, invés de um jogo por si só. Neste título, a The Sorceress rouba todos os ovos de dragão de forma a preservar a sua magia, e quem têm de por final a isso? Spyro the Dragon, pois claro!

A grande novidade neste jogo prende-se com a utilização de várias personagens jogáveis, que acabam por divertir por breves instantes, mas que nunca são tão divertidos de usar como Spyro, acabando por servir apenas como gimmicks. 

No final da experiência dos três títulos, acabamos por nos divertirmos imenso e é recomendado que os três jogos não sejam experienciados de seguida, correndo o risco de cair na monotonia da repetição. Mas hey, se quiserem ouvir a memorável banda-sonora de Stewart Copeland, baterista dos The Police, podem fazê-lo muito bem! Para além de podermos ouvir a banda-sonora original dos três jogos, podemos ainda escolher a opção de ouvir novos arranjos, produzidos pelo próprio Copeland.

Spyro™ Reignited Trilogy 5679028991113003338.

Mas nem tudo são rosas nesta nova incursão na trilogia original de Spyro. Nos pontos negativos temos de destacar a existência de Motion Blur que desfoca tudo o que rodeia a nossa personagem quando nos movimentamos rapidamente, bugs que nos impedem de progredir e a câmara que continua a não ser perfeita, apesar de algumas melhorias. Para além disso, há algumas questões que podem levantar as sobrancelhas dos fãs de Spyro e que conhecem bem os jogos originais, como a tentativa de suavização da personalidade de Spyro, tentando-o tornar o mais adorável possível. No entanto isso não acaba por afectar a qualidade do produto entregue, até porque esta terá sido uma escolha da Toys For Bob e da Activision.

‘Spyro Reignited Trilogy’ é uma remasterização quase perfeita da trilogia do dragão na Playstation 1, uma carta de amor ao trabalho da Insomniac Games. Depois de Crash ter voltado ao grande palco dos videojogos, este ano foi a vez de Spyro regressar e em grande forma, diga-se de passagem. ‘Spyro Reignited Trilogy’ é a versão definitiva dos três primeiros jogos de Spyro e se pretendem experimentar alguma destas aventuras, ficam muito bem servidos com esta remasterização.

 

8

Spyro Reignited Trilogy

  • Guilherme Teixeira 8

SINOPSE

Spyro the Dragon, o icónico herói de plataformas da PlayStation, está de volta e com um aspeto melhor do que nunca. Com a mesma atitude poderosa, a Spyro Reignited Trilogy recria as três maiores aventuras da série: Spyro the Dragon, Spyro 2: Ripto's Rage! e Spyro: Year of the Dragon, e melhora as imagens numa qualidade HD arrebatadora. Explora um mundo de jogo gigantesco, enfrenta os seus habitantes destemidos e revive a glória desta aventura totalmente remasterizada. Quando é preciso salvar um reino, já sabes qual o dragão a chamar.

SPYRO™ THE DRAGON
Gnasty Gnorc regressou do seu exílio, reuniu um exército de Gnorcs e lançou uma magia negra sobre as Dragon Lands, congelando os dragões. Spyro, juntamente com o seu amigo Sparx, a libélula, é o único dragão sobrevivente que pode viajar pelas Dragon Lands, libertar os dragões e salvar o dia. Conduz Spyro enquanto percorre as Dragon Lands, chamusca inimigos excêntricos com o seu fogo e se depara com inúmeros quebra-cabeças e aventuras pelo caminho.

SPYRO™ 2: RIPTO’S RAGE!
Spyro chega à terra de Avalar para derrotar o malvado feiticeiro Ripto, que declarou guerra aos mundos de Avalar. Ripto e o seu séquito apoderaram-se de Avalar e agora Spyro é a última esperança para derrota-los e devolver a paz aos reinos de Avalar. Nesta aventura, Spyro utilizará chamas potentes, super disparos e truques para eliminar os seus inimigos e completar desafios únicos. Terás de dominar animais originais, treinar a tua pontaria e lutar contra dinossauros famintos.

SPYRO™: YEAR OF THE DRAGON
As Dragon Lands estão a meio da celebração do “Ano do Dragão” quando surge uma figura misteriosa envolta numa capa que rouba todos os ovos de dragão. Um exército de Rhynocs, sob o comando da malvada feiticeira, mantém os indefesos ovos no Forgotten World. Juntamente com novos e velhos conhecidos, Spyro embarca numa missão para recuperar os ovos perdidos, derrotar o exército Rhynoc e deter a malvada feiticeira. Esta aventura vai aquecer ainda mais as coisas enquanto exploras os enigmáticos reinos e completas desafios extravagantes, como realizar acrobacias alucinantes num skate e saltar para dentro de um ringue de boxe.