em

Agenda Cultural – 6 a 12 de Maio

Mais uma semana, mais uma agenda recheada de novos espectáculos para serem vistos pelos palcos de todo o país! Ficam de seguida, algumas sugestões para a semana.

Nos dias 9 e 10, o Teatro Rivoli recebe o espectáculo Assombro, no âmbito do Festival DDD (Dias De Dança). Presente, mas ignorada, essa sombra é parte integrante do sujeito e da sua identidade cultural. Um solo que apresenta uma série de quadros vivos, canções que emergem de uma voz deslocada da boca, Assombro tenta compreender pela dança e a reativação de cantos tradicionais portugueses, os fantasmas que nos assombram hoje. Com coreografia e interpretação de Ana Rita Teodoro.evento-img5c07f693a2413

Dia 9, Insuflável estreia no Teatro Nacional D. Maria II. Esta é a história de uma grande aventura, ou melhor, três; uma para cada personagem que foi parar a um mundo temporário, cuja natureza só se desvenda no final da viagem. Nem elas sabem bem o que são e o que estão ali a fazer, mas vão descobrir que o que as leva ali é de suprema importância. Trata-se da força que comanda a vida, o sopro que gera as coisas novas. Insuflar pode dar forma, e pode dar vida. Uma criação de João de Brito, em cena até dia 12.1920-insuflavel-12992841295cbdd00bf282c

Ainda no D. Maria, estreia dia 10 o espectáculo Parlamento Elefante. Três datas de nascimento abrem caminho a uma reflexão sobre o século XX. De Che Guevara ao Capitão América, dos Beatles aos United Nations, de Gandhi a Quentin Tarantino, dos actores ao público, todos se reúnem para forjar leis universais, colaborar em conflitos de interesse, manipular massas, falsificar assinaturas e outros planos maléficos. Agachados numa trincheira ou sentados numa conferência das Nações Unidas, o assunto mantém-se: Democracia. Uma criação de Eduardo Molina, João Pedro Leal e Marco Mendonça, para ser assistida até dia 19.pe1-17947900815c98eebb8c35b

Também no dia 10, Xtròrdinário estreia no São Luiz Teatro Municipal. O Teatro Praga foi desafiado a conceber um espetáculo que celebrasse os 125 anos do São Luiz. Considerando adequado passar musicalmente pela história de uma sala de teatro que viveu o cinema mudo que começa a ser sonoro, que viu Antoine e Sarah Bernhardt, Amélia Rey-Colaço e Almada Negreiros, fogos e reconstruções e que foi rebatizada por três vezes, a companhia cria um musical e, como em qualquer dos seus trabalhos, olha para esta revisitação com a distância crítica que permite pensar o papel do teatro no seu tempo e na cidade que hoje habitamos. Em cena até dia 18.xtraordinario-site-800x564

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A Plague Tale: Innocence - Gameplay Overview Trailer

A Plague Tale: Innocence – Gameplay Overview Trailer

Keanu Reeves stars as 'John Wick' in JOHN WICK: CHAPTER 3 - PARABELLUM

“JOHN WICK 3 – IMPLACÁVEL” | Passatempo Cinema – Ganha convites para a antestreia do filme!