in

Agenda Cultural – 26 de Fevereiro a 4 de Março

, Agenda Cultural – 26 de Fevereiro a 4 de Março, CA Notícias, CA Notícias

O mês de Março chega até nós com uma nova agenda de espectáculos a não perder. Aqui ficam algumas sugestões para a semana.

Dia 1, o Teatro da Trindade Inatel apresenta O Deus da Carnificina, da autoria de Yasmina Reza, com encenação de Diogo Infante. Dois casais, adultos e aparentemente civilizados, encontram-se para resolver um incidente protagonizado pelos seus filhos menores. O que acontece na realidade é a queda progressiva das máscaras a que nos obrigamos no ato social. Pouco a pouco vamos sendo levados para o núcleo da nossa natureza primordial, selvagem e violenta. O tema da peça é, necessariamente, a Hipocrisia e de como perspetivas éticas se mostram flexíveis para defenderem certos interesses. Em cena até 29 de Abril.

Dia 2 e 3, o Centro Cultural de Belém recebe o espectáculo The Great Tamer, uma criação de Dimitris Papaioannou. Este novo projecto, com 10 performers em palco, parte da noção de que a vida humana pode ser encarada como uma viagem de descoberta interior, em busca de um sentido para a vida. Corpos humanos tornam-se campos de batalha que, interagindo com materiais rudes, se fundem em híbridos, promovendo ilusões de ótica. Papaioannou tem como objetivo uma total e aparente simplicidade, que lança luz sobre o sagrado que existe no vulgar, no quotidiano.

Na mesma data, Que Ainda Alguém nos Invente, da companhia Teatro Griot, estará no palco do Teatro Municipal do Campo Alegre, no Porto. Um texto dramático inspirado na vida da Rainha Njinga Mbandi, de Ricardo P. Silva, e com encenação de Paula Diogo. Aqui se explora o conflito e a confidência, onde se fundem os papéis de rainha e mulher. Njinga Mbandi invoca os seus mortos numa conversa consigo mesma, falando do que foi e do que poderá nunca ter sido. O Teatro Griot é uma companhia de atores que se dedica à exploração de temáticas relevantes para a construção e problematização da identidade europeia contemporânea e intercultural.

Ainda no dia 2, o Convento São Francisco, em Coimbra, recebe o espectáculo Medeia, a partir de Eurípides. Esta obra mantém uma atualidade e pertinência que permite refletir sobre inúmeros temas da actualidade. Propõe questões sobre o papel do feminino, sobre as transformações das relações interpessoais, sobre a emigração e o estatuto de refugiado, que tudo faz para se adaptar às regras e exigências que lhe são impostas, entre muitas outras. Um espectáculo de teatro e dança, com direcção de João Garcia Miguel.

, Resultados desportivos do fim-de-semana de 24 e 25 de Fevereiro, CA Notícias, CA Notícias

Resultados desportivos do fim-de-semana de 24 e 25 de Fevereiro

, Hugo Pereira foi 2º no X Duatlo de Arronches, CA Notícias, CA Notícias

Hugo Pereira foi 2º no X Duatlo de Arronches