Oeiras | Exposição marca o arranque das comemorações dos 45 anos do 25 de abril

Foi inaugurada esta sexta-feira, pelo Presidente do Município, Isaltino Morais, a exposição “Quando mudamos um país, ele muda-nos com ele”. Organizada pela Câmara Municipal de Oeiras e com curadoria da historiadora e investigadora Raquel Varela, a exposição marca o início de um vasto programa cultural que pretende assinalar os 45 anos do 25 de abril.

Desenhada para provocar sensações, “Quando mudamos um país, ele muda-nos com ele” clarifica os papéis dos intervenientes na Revolução de Abril e explica a centralidade de Oeiras na história nacional, através de testemunhos, imagens reais, documentos e objetos da época.

Era em Oeiras que morava Otelo Saraiva de Carvalho, responsável pelo plano de operações do 25 de Abril; e foi em Oeiras que o entregou, entre outros, a Salgueiro Maia. É de Oeiras Manuel Tomaz, um dos homens que deu a senha do 25 de Abril, e é também em Oeiras que estava uma das prisões mais temidas da ditadura: Caxias.

“Oeiras é um dos concelhos portugueses que melhor representa os valores do 25 de Abril. Fomos pioneiros, por exemplo, a acabar com as barracas e a atribuir habitações condignas à população, porque acreditamos que, juntamente com o grande investimento na educação, assim se acabam com as assimetrias sociais”, explica o Presidente do Município, Isaltino Morais.

Oeiras-Isaltino Morais

Além da exposição, até maio, a Câmara de Oeiras, em parceria com a plataforma cultural Gerador, vai dinamizar um vasto programa cultural, com iniciativas que decorrem todas as sextas, sábados e domingos no centro histórico da vila. Conversas sobre a liberdade (com músicos, chefs, comediantes, realizadores, etc.), concertos (Mike El Nite, Filipe Sambado e Joana Espadinha, entre outros), exposições, arte urbana, mostra de curtas-metragens, ateliers de fotografia, ilustração e pintura, workshops artísticos e gastronómicos, visitas guiadas e teatro são algumas das muitas atividades disponíveis, todas com entrada gratuita.

No dia 25 decorre a Sessão Solene com homenagem a ex-autarcas do concelho.Destaque ainda para o descerramento da placa comemorativa dos 45 anos da libertação dos presos políticos da Prisão do Forte de Caxias, que terá lugar no dia 26 de abril.