em , ,

Crítica Cinema | Aladdin (2019)

Um filme de Guy Richie

Aladdin (Mena Massoud) meets the larger-than-life blue Genie (Will Smith) in Disney’s live-action adaptation ALADDIN, directed by Guy Ritchie.

Aladdin é o novo “live-action” da Disney, realizado por Guy Richie. Este recria o filme de animação original, de 1992, de uma forma muito bem conseguida do ponto de vista de narrativa, mas não chega a ser original o suficiente, nem a ter algum tipo de deslumbre característico, para permitir que esta nova aposta da Disney se destaque.MV5BMDE5OTRjMzktM2I1YS00NDYyLWE2ZDMtYzgwYTVjOGIwNWFmXkEyXkFqcGdeQXVyNjQ4ODE4MzQ@.-V1-

Aqui vemos o já conhecido conto do charmoso ladrão Aladdin, da corajosa e determinada Princesa Jasmine e do Génio, que poderá ser a chave para o futuro destes dois. Apesar de algumas alterações, o enredo mantem-se bastante fiel ao original, conseguindo manter a sua essência. Apesar do argumento ser bastante básico, consegue contar de forma empolgante a história a que se propõe, e que os maiores fãs da Disney já estão à espera. Os cenários, o guarda-roupa e os efeitos visuais são muito bem executados, sendo uma das maiores forças do filme, criando, ou antes enriquecendo, um universo Disney. Will Smith como génio da lâmpada é também uma das melhores escolhas para o elenco, pois interpreta a personagem com um carisma que proporciona vários momentos divertidos.MV5BZTc3NTA1YmEtZTkyNy00ZDMyLWJkMmItODFkYjU0MTc2N2I0XkEyXkFqcGdeQXVyNDQxNjcxNQ@@.-V1-SY1000-CR0,0,1233,1000-AL-

Contudo, há certos momentos que parecem ser apressados, principalmente as sequências musicais, algo estranho para um musical da Disney, em que a música é uma componente essencial e muito típica das suas histórias. Paradoxalmente, este aspecto permite que haja um ritmo fluído de enredo, em que as músicas não empatam nem arrastam o desenvolvimento da história. Acaba por não haver nada de especial neste Aladdin. Nada que o distinga nem das anteriores adaptações de outros contos, nem de todo o reportório da Disney.MV5BNWIyNzhhMzYtNzQyMi00ZDJiLTg0MGUtYjc4ODMzNmJhNjgwXkEyXkFqcGdeQXVyNjQ4ODE4MzQ@.-V1-SY1000-SX1500-AL-

Aladdin é mais um clássico da Disney adaptado em “live-action”. É mais uma tentativa de recriar um universo, um ambiente e uma atmosfera mágica, que são conseguidos por meio de efeitos visuais, cenários e caracterizações bastante boas. O argumento é bastante básico, dando vida ao conto, mas nada acrescentando de especial ao mesmo, ainda que algumas alterações tenham sido feitas ao enredo. No final de contas, é um bom meio de diversão, mas não será memorável. É apenas mais um.

Aladdin
Crítica Cinema | Aladdin (2019)

Aladdin é o novo “live-action” da Disney, realizado por Guy Richie. Este recria o filme de animação original, de 1992, de uma forma muito bem conseguida do ponto de vista de narrativa, mas não chega a ser original o suficiente, nem a ter algum tipo de deslumbre característico, para permitir que esta nova aposta da Disney se destaque.

Editor's Rating:
3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Dauntless - Console Trailer de lançamento

Dauntless – Console Trailer de lançamento

Jinn | Main Trailer | Netflix

Jinn | Main Trailer | Netflix