in

COISAS QUE PODIAM SER DITAS (SOBRE OTELO)

, COISAS QUE PODIAM SER DITAS (SOBRE OTELO)

COISAS QUE PODIAM SER DITAS (SOBRE OTELO)

Teatro & Arte | Teatro

Centro Cultural Malaposta

Black Box

Classificação Etária

A classificar pela CCE

Bilhete Pago

Todas as Idades

Promotor

Minutos Redondos, Lda.

Breve Introdução

Informamos que os lugares da sala onde se realiza este espetáculo/atividade NÃO SÃO MARCADOS.
As normas de acesso a este evento respeitam as Diretrizes da DGS em vigor atualmente.
Informamos que por razões que nos são alheias a programação (datas, horários, elencos, etc) pode sofrer alterações.

Sinopse

Fora eu o Mouro, não queria ser Iago.
Eu ao segui-lo só me sigo a mim
– O céu o atesta -, não por amor, nem por dever,
Mas, fingindo-os, para os meus próprios fins.
Pois, quando os meus feitos mostrarem por fora
Sob o exterior de deferência
O acto que se oculta no meu coração,
Pondo este a nu, não tarda que o debique
Qualquer gralha. Eu não sou o que sou.

Iago, Ato I, Cena I, em A Tragédia de Otelo, O Mouro de Veneza

Tendo como ponto de partida um diálogo com este texto de Shakespeare, de 1603, esta peça propõe-se evidenciar a atualidade, tanto quanto o anacronismo, das relações nela retratadas: jogos de influência, falsas amizades, a inveja e a traição como sintomas da fome de poder e de fama e, sobretudo, o papel que a lisonja desempenha nestas relações – e as consequências sociais que daí resultam. Não se trata de uma encenação de Otelo, O Mouro de Veneza, mais de uma reflexão sobre os dias de hoje, tendo como eixo e elemento instigador este “tratado” do séc. XVII. A problemática do embuste, do elogio exagerado e da desonestidade transformada em louvor, não é exclusiva ao século XXI, apesar de encontrarmos inúmeras manifestações especificamente contemporâneas destes fenómenos. Ainda cuidamos das mesmas perguntas que os personagens desta tragédia: Como distinguir um amigo de um interesseiro? Um aliado de um burlão? Quando é que o salutar elogio, apreciação ou louvor se tornam lisonja ou bajulação? Isto será explorado tendo as redes sociais em mente, mecanismos de autopromoção, o termo influencer, e sistemas de organização e ascensão como o nepotismo e a “cunha”.
(Joana Bertholo)

Ficha Artística

Encenação: José Mateus
Texto: Joana Bértholo
Interpretação: Pedro Barbeitos, Pedro Pernas e Susana Arrais
Espaço Cénico: Luís Santos
Figurinos: Rute Rocha
Espaço Sonoro: Alex D’Alva Teixeira
Desenho de Luz: Alexandre Costa
Operação de Luz e Som: Alexandre Costa
Design Gráfico: José Cruz
Fotografia: Bruno Martins
Produção: Gato que Ladra
Apoio: República Portuguesa – Ministério da Cultura / Direção-Geral das Artes

Preços

Bilhete Inteiro – 12€

Descontos
Maiores de 65 anos | Menores de 25 anos | Grupos + 10 pessoas
Profissionais de espetáculo | Residentes Odivelas | Cartões Câmara Municipal de Odivelas | Funcionários Câmara Municipal de Odivelas | Cartão FNAC | Konica Minolta | Clube P | STARQ | SDPGL*
*Descontos efetuados na bilheteira da Malaposta, mediante apresentação do respetivo documento comprovativo do desconto.

A marcação de lugares para pessoas com mobilidade reduzida (cadeira de rodas) deve ser realizada diretamente com a Malaposta através dos seguintes contactos: [email protected] ou 212478240

Próxima Sessão

17 nov 2022 21:00

Duração

70 minutos

Pontos de Referência

Estação de serviço da Cepsa (Olival Basto)
Rotunda do Senhor Roubado

Transportes Públicos

METRO – ESTAÇÃO SR. ROUBADO [LINHA AMARELA]
AUTOCARRO – 736 [SERVIÇO DIURNO] | 206 [SERVIÇO NOTURNO]

Estacionamento

Parques de Estacionamento públicos circundantes

Comprar Bilhete

, COISAS QUE PODIAM SER DITAS (SOBRE OTELO)

, “Húúúmus!!!” Dia 23

“Húúúmus!!!” Dia 23

, Totobola Extra | Conheça a chave vencedora do Concurso nº 40/2022

Totobola Extra | Conheça a chave vencedora do Concurso nº 40/2022