Simple Minds no Coliseu do Porto- Resumo do concerto

Um concerto acústico magnifico

A banda escocesa, Simple Minds subiu ontem, dia 4 de Maio, ao palco do Coliseu do Porto, para apresentar os temas mais conhecidos das ultimas 3 décadas em formato acústico.

- Publicidade -

As portas abriram as 19:30, o ambiente era calmo. As pessoas começaram a chegar mais perto das 20:30, enchendo o Coliseu quase na totalidade. O ambiente começou a tornar-se ansioso e entusiasmado com o espectáculo que se iria seguir.

As 20:30 em ponto, surge Jim Kerr (Vocalista dos Simple Minds), com a escocesa KT Tunstall que fez a abertura do espectáculo.

A escocesa abre o concerto com um pequeno discurso em português. E logo depois da tentativa bem sucedida de se aproximar do publico, começa a tocar músicas do novo álbum, como o “It Took Me So Long To Get Here” e os clássicos mais conhecidos pelo publico, que delirou com o “Black Horse and the Cherry Tree“.

Termina o seu concerto com o clássico, também muito aplaudido pelo publico, “Suddenly I See“.

Fez se então uma pequena pausa, que antecedeu a entrada dos Simple Minds, dando algum tempo para chegarem mais algumas pessoas.

O concerto dos Simple Minds começou ao som da bateria, enquanto o resto da banda vai entrando em palco. Jim, bem disposto, começou a cantar e teve sempre com diálogos com o público entre as músicas. Logo no inicio, contemplou a plateia, andando entre as pessoas enquanto cantava.

Durante as suas intervenções, fez piadas, “Quando comecei a tocar ainda tinha cabelo. Porque que ele (guitarrista) ainda tem cabelo?” e “Demoramos muito a considerar fazer um álbum em acústico. Só o ano passado, na Suiça, é que nos ofereceram muito dinheiro. E nós temos uma relação especial com dinheiro. Então, como estávamos na Suiça, pedi que colocassem o dinheiro numa mesa e dois toblerone, um clássico e um branco.”

Ainda tivemos direito a ouvir solos de alguns membros da sua banda, entre as músicas, que foram aplaudidos sem duvidar pelo público.

O sucesso “Mandela Day“, foi a primeira música a ter o publico de pé, seguiu-se outro clássico “Chelsea Girl“. Ouvimos ainda “Someone Somewhere In Summertime” e “Waterfront” antes de teriminarem o concerto com o magnifico “Don’t You (Forget About Me)” que levou ao rubro o Coliseu, que se colocou todo em pé a cantar.

Como o público português é acolhedor aplaudiu sem parar e continuou a cantar. Teve direito a um encore, com KT Tunstall. E o público já nem se sentou, cantando em coro e dançando ao som da música.

Tivemos direito a ouvir “Promised You A Miracle e o concerto encerrou com o inigualável Alive And Kicking“, que deixou todos em êxtase e com imensa pena que o concerto terminasse.

A KT Tunstall fez uma excelente abertura ao concerto, sendo muito bem acolhida pelo publico. E o acústico assenta como uma luva nos Simple Minds e ficou provado ontem no magnifico espectáculo no Coliseu. O público delirou do inicio ao fim. E começou a abandonar o recinto a muito custo, tal com Jim, a abandonar o palco no final do concerto.

- Publicidade -