CA Notícias
Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento.

Sá Pinto: “Lenços brancos? Sou o primeiro a não estar satisfeito”

Após a derrota sofrida no Restelo, por 3-0 frente ao Vitória de Setúbal, Ricardo Sá Pinto, comentou desta forma:


“Não tivemos uma entrada como sabemos fazer. O Vitória de Setúbal chega à nossa baliza e fez um golo. Em 18 minutos sofrer dois golos, a equipa sentiu. Os erros que cometemos não podemos ter a este nível. Não foi de certeza por supremacia do Vitória, foi sim nos detalhes. Não tomámos as melhores decisões defensivas, fomos à procura do prejuízo, por vezes com mais coração do que com lucidez, mas estávamos no jogo.”

“O que mata o jogo é ali aos 60 minutos, com a entrada de Traquina. Sabíamos que fazendo um golo entrávamos no jogo, mas mais uma vez aconteceu-nos algo insólito. Foi algo que, aí sim, ditou o resultado final, até lá penso que não.

Na segunda parte tivemos mais oportunidades, mas não concretizamos, não tivemos essa eficácia que teve o Vitória de Setúbal. Foi muito eficaz na primeira parte e depois aquele lance aos 60 minutos ditou o resultado final do jogo.”

[sobre os lenços brancos]

“Compreendo que possa haver alguém que não está satisfeito. Eu sou o primeiro quando isso acontece. Trabalhamos sempre para ganhar. Os primeiros as estarmos tristes somos nós. Chegámos agora ao primeiro terço da Liga, não estamos numa posição desconfortável, também não a ideal, mas não é alarmante. A tristeza é normal e compreensível.”

[sobre o próximo jogo com a Fiorentina]

“A derrota nunca é benéfica para ninguém, mas temos reagido bem às derrotas. Vamos ter uma competição diferente, contra uma grande equipa. A Fiorentina não era o adversário ideal mas temos de acreditar que vamos lá vencer. Temos que reagir a este resultado que tivemos hoje, que foi penalizador, e que premiou uma equipa que foi eficaz.”

Fonte

X