Lito com margem até dia 31

By [email protected] (crónicas azuis)

Contrato prevê renovação automática por um ano mas treinador pode libertar-se da opção até final do mês | SAD tranquila e crente na continuidade | Questões financeiras por resolver

LITO VIDIGAL tem a possibilidade de informar o Conselho de Administração da sociedade desportiva do Belenenses que não fica no Restelo até 31 de maio, dia em que o seu contrato caduca. Porém, se o treinador nada disser, o vínculo, conforme o acordado entre as duas partes aquando da sua chegada ao clube, será automaticamente renovado por mais um ano, cenário mais plausível e que apenas será alterado se o homem que conduziu os azuis à manutenção na liga for confrontado com projeto mais aliciante.

Mesmo assim, a SAD, que no acordo celebrado com o técnico salvaguardara também a possibilidade de prescindir dos seus serviços no caso de o objetivo traçado não ser atingido, não está preocupada com este aparente impasse, até porque a planificação da nova época já está em marcha, e acredita que será capaz de ir ao encontro do que Vidigal pretende, reunindo os argumentos necessários para fazer face a uma eventual concorrência. Belo menos no plano interno, pois se ao técnico chegar um convite do estrangeiro é dado adquirido que o Belenenses não poderá acompanhar.

Um aspeto não sofre, porém, discussão, e Lito Vidigal sabe-o: a Administração presidida por Rui Pedro Soares não se desviará um milímetro das balizas financeiras estabelecidas, o que poderá condicionar as reconhecidas ambições do treinador.

Nos próximos dias, Lito vai reunir-se com a SAD para fazer o balanço da época que agora finda e resolver algumas questões ainda pendentes, nomeadamente financeiras. Então, sim, decidirá se fica, ou não, em silêncio.

por NUNO SARAIVA SANTOS

Fonte:: Crónicas Azuis

Também poderá gostar Mais do autor

A carregar...