em

Melhor abertura de um filme do Universo DC | ‘Joker’ já levou mais de 155 mil pessoas ao cinema

‘JOKER’, o tão aguardado filme de Todd Phillips, protagonizado por Joaquin Phoenix,  levou  155.099 espectadores às salas de cinema no fim de semana de estreia, e rendeu já 896.183€ em receita bruta de bilheteira. 

 

Com este resultado, JOKER fez a melhor abertura de sempre de um filme do universo DC, à frente de ‘Esquadrão Suicida’ (125.545 espectadores e 743.343€ em receitas de bilheteira), ‘Batman vs Super-Homem: O Despertar da Justiça’ (121.021 espectadores e 750.330€ em receitas de bilheteira) ou ‘O Cavaleiro das Trevas Renasce’ (111.642 espectadores  e 586.100€ em receitas de bilheteira).

A história original sobre o vilão mais popular da cultura pop torna-se, assim, recordista das melhores abertura de sempre em outubro, destronando ‘Venon’ (106.137 espectadores e 632.262€ em receitas de bilheteira) e é já a terceira melhor abertura do ano, atrás de ‘Vingadores: Endgame’ (308.845 espetadores e 1.826.938€ em receitas de bilheteira) e ‘O Rei Leão (256.575 espectadores e 1.443.870€ em receitas de bilheteira).

JOKER continua em exibição em cerca de 70 salas de cinema e está disponível nos formatos especiais IMAX 2D e DOLBY ATMOS.

Nota: Os dados incluídos nesta nota de imprensa são baseados em informação interna da NOS Audiovisuais e referentes à exploração em Portugal, Angola e Moçambique.

 

Sinopse

Realizado a partir de um argumento que Todd Phillips escreveu em parceria com o escritor norte-americano Scott Silver, ‘Joker’ é a visão original do cineasta sobre o famoso vilão da DC. Uma história que aprofunda  as suas origens, distinguindo-se das outras, mas que  utiliza  a  mitologia  mais  tradicional  da  personagem.  Arthur Fleck, interpretado  brilhantemente  por  Joaquin  Phoenix,  é um  homem  que  luta  para encontrar  o  seu  caminho  numa  sociedade  fraturada. Com  a  ânsia  de  se  tornar  bem-sucedido, tenta a sorte como comediante de stand-up, mas acaba por descobrir que a sua vida é uma piada. Preso numa existência cíclica que oscila entrea apatia e a crueldade, uma má decisão acarreta uma reação de acontecimentos imprevisíveis neste estudo de personagem sombrio e alegórico.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Oppo Reno Ace Edição GUNDAM

Oppo pode lançar a edição GUNDAM do smartphone Reno Ace a 10 de outubro

Amplifest

O Amplifest arranca este fim-de-semana com casa esgotada