em , , ,

Festival 20.21 – Évora Música Contemporânea

Encontros invulgares, diálogos inesperados, fusão, encontros e reencontros é o que está prometido para a 1.ª edição do Festival 20.21 Évora Música Contemporânea.

A programação deste festival, organizado pela Câmara Municipal de Évora, reflete o carácter abrangente da música erudita contemporânea cujas raízes mais próximas se encontram na música do século XX e apresenta obras de autores e intérpretes maioritariamente portugueses. Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão, o Quarteto Lopes Graça, Nuno Aroso, Ana Telles, Arnaldo Trindade e Laurent Rossi, são alguns dos nomes que trazem novos desafios a este festival com um conceito muito particular e que conta com a direção artística do pianista e compositor Amílcar Vasques-Dias.

O cartaz da primeira edição do festival Évora Música Contemporânea expressa toda a diversidade que está na origem do seu conceito: da música de câmara de Joly Braga Santos pelo Quarteto Lopes-Graça ao invulgar formato instrumental TGB – tuba, guitarra e bateria de Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão, às músicas eletroacústicas em concertos a solo do percussionista Nuno Aroso ou do guitarrista Francisco Berény e da pianista Ana Telles, até ao multifacetado saxofone de Carlos Canhoto.

Bilhetes à venda no Teatro Garcia de Resende e Turismo de Évora.

Mais informações e programa completo na página de facebook do festival.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Uber e Uber Eats vão marcar presença no NOS Primavera Sound

Christiane Jatahy no Alkantara Festival 2018