em

«Devia ter-me estreado na Liga pelo Benfica», Miguel Rosa

O médio do Belenenses sente que não teve as oportunidades devidas no Benfica mas não guarda rancor a Jorge Jesus | Diz mesmo que os azuis lhe deram a mão “na altura certa», quando tinha de dar o salto para a Liga | Grande figura do Restelo, espera afirmar-se para poder sonhar com objetivos mais ambiciosos…

Na época passada foi o melhor marcador da equipa com 5 golos. Ficou satisfeito com o seu rendimento?

– Esperava fazer mais golos. Tive uma lesão que me afastou três meses dos relvados. Depois voltei um bocadinho preso, não tão bem fisicamente como por exemplo nesta pré-época, e isso notou-se no meu rendimento.

— Esta época já se sente a 100 por cento?

— Sem dúvida. Muito melhor. O ano passado não fiz a pré-época, cheguei um mês e meio depois dos meus companheiros, mas este ano sinto-me bem e acredito que me vou afirmar na primeira Liga.

— O que esperar de si?

— A única coisa que prometo é muito empenho, trabalho, dar o meu máximo durante os 90 minutos de cada jogo.

— Tem atuado na ala esquerda do ataque. É aí que se sente mais confortável?

— Jogo onde o treinador quiser; médio ofensivo, extremo esquerdo ou na frente de ataque. Talvez, pelas minhas características, esteja melhor para jogar na esquerda.

— O objetivo definido do Belenenses é a permanência. Não existe o sonho europeu?

— O principal objetivo do Belenenses é estabilizar o clube na Liga. Acredito que faremos melhor que no ano passado, mas temos os pés bem assentes na terra e sabemos que a Europa é difícil. Não é impossível mas, por enquanto, o objetivo é a manutenção.

— Fez a formação no Benfica, mas acabou por se estrear na Liga com 24 anos, pelo Belenenses…

— Foi no momento que teve de ser. Não tinha pressa de jogar na Liga. Importante é que este ano espero afirmar-me para, quem sabe, daqui a dois ou três anos estar numa equipa da Europa, com outros objetivos, que me vão realizar ainda mais.

— Os sucessivos empréstimos não terão atrasado o seu desenvolvimento como jogador?

— Não digo que não. Talvez. Mas só penso no Belenenses, na confiança que têm em mim, e não no passado.

— Será que, a dada altura essa confiança não existiu no Benfica?

— Tive sempre a confiança dos treinadores e estrutura da equipa B do Benfica. Isso notou-se pelo que consegui fazer: 17 golos em 41 jogos.

— Por que razão não chegou à equipa principal, ao contrário de alguns companheiros?

— Parece-me que nas posições em que outros se estrearam (defesa e meio-campo) está a explicação. Em 2012/2013 as alas e o meio-campo ofensivo eram as posições com mais força e qualidade. Creio que isso influenciou.

— Magoado com Jorge Jesus?

— Não quero ir por aí. Sei que tinha valor e que devia ter-me estreado na Liga. Pelo menos uns minutos, como prémio pela época que fiz na B. Mas não guardo rancor a ninguém.

— O Belenenses deu-lhe a mão, portanto, na altura certa…

— Acredito que sim. Nessa altura, tinha de dar o salto. Desse por onde desse, era a altura ideal. Estou muito agradecido ao Belenenses por me ter ido basear.

— Na época passada não jogou com o Benfica na primeira volta por lesão. Mas na segunda não atuou por opção. Como se sentiu?

— Senti o mesmo quando estive lesionado: desiludido por não ajudar a equipa.

Não rejeitaria jogar no estrangeiro
Estrela do Belenenses diz que teve vários convites de equipas portuguesas

Uma de várias interrogações colocadas ao longo da carreira de Miguel Rosa foi a sua escolha de clubes. O português assegura que foram as propostas que nunca o fizeram deixar a zona de Lisboa e que, se algum dia fosse confrontado com um convite do estrangeiro, não iria deixar de o ponderar.

Se a proposta fosse boa para mim e para o Belenenses, quem sabe se não saía logo daqui. Mas o importante é as duas partes ficarem bem no meio de tudo», clarifica Miguel Rosa.

Em termos domésticos, não faltaram oportunidades de mudar de ares. “Do estrangeiro nunca me chegou nada», diz.

por ÓSCAR MORGADO

http://feeds.feedburner.com/CronicasAzuis

Via: Crónicas Azuis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resumo: Basileia 1-2 Belenenses

PER não impedirá contratações

futebol-cfb-belenenses-estrela-2

Lateral direito e médio esta semana