CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Apresentação do livro “Êxodo” de Susana Martins

Êxodo é o nome do próximo livro a ser apresentado no auditório da Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, dia 20 de fevereiro, pelas 18h30.

Esta é a segunda obra da jornalista Susana Martins, foi publicada pelas edições RCP e conta com o prefácio do também jornalista António Marujo.
A apresentação será feita por Catarina Santos.

Entrada livre.

Sinopse
“Neste mundo conturbado, cada um de nós pode passar a ser, a qualquer momento, um exilado, refugiado, fugitivo ou prisioneiro.
A linha comum do segundo livro de Susana Martins é a noção de saída, mudança, procura de refúgio, peregrinação interior, tudo o que implique movimento e capacidade de decisão.
Aqui se aborda de maneira livre a via-sacra de um carpinteiro em catorze capítulos e de como a história se repete em pequenos acontecimentos do dia-a-dia.
E se este livro fosse também uma celebração do amor? Assim se coloca o desafio de o mundo se questionar sempre, por mais absurdas que se tornem as situações, as personagens, verdadeiras ou ficcionadas.
Como sublinha António Marujo, no Prefácio, os «Êxodos a que hoje assistimos, sentados na nossa impotência e desinteresse, são, ao contrário, quase sempre os de tragédias esquecidas desta humanidade que tarda em ser solidária. São os Êxodos de mais miséria em cima da miséria, mais guerra em cima da guerra, mais opressão em cima da opressão.»

Sobre Susana Martins
“É jornalista na Rádio Renascença desde 1997. Desde 2003 que integra a equipa de política daquela estação e é repórter parlamentar. Acompanhou durante cinco anos (1997-2002) temas de atualidade africana, tendo feito parte da equipa do programa “Renascença em África”. É licenciada em Comunicação Social pela Universidade Católica Portuguesa. Publicou “As Boas obras” (2016. Cascais: RCP edições).”

Sobre Catarina Santos
“Catarina Santos é apaixonada pela rádio, entusiasta de narrativas visuais e viciada na palavra escrita. Gosta de misturar todas estas ferramentas e de colocar cada uma a prestar o melhor serviço para cada reportagem. É o que tem feito com a equipa multimédia da Rádio Renascença, desde 2008.
Foi distinguida na categoria de videojornalismo pelos prémios Obciber, com a reportagem “Vidas de silêncio” (2009). As reportagens “A sul da sorte” (2014) e “20 anos são dois dias” (2015) deram-lhe dois prémios Gazeta Multimédia. Nasceu em 1982, na Maia, e é licenciada em Jornalismo pela Universidade do Porto.”

Via

anuncio
 
Os livros fazem parte do teu dia a dia?
Junta-te a nós na divulgação das novidades e análises aos teus livros preferidos!
Candidata-te aqui - https://goo.gl/jfTi3zOu segue-nos no facebook em CA Notícias

Deixar uma resposta

X