CA Notícias
Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Domingos Paciência: “Satisfeito não posso estar”

Domingos Paciência após o jogo com o Porto, que terminou numa derrota por 2-0 no Estádio do Dragão, revelou que o golo apontado por Herrera ao cair do pano da primeira parte acabou por mudar a estratégia montada para este jogo.


“Sabemos por onde o FC Porto constrói e qual o lado onde cria mais desequilíbrios. Fizemos um 4-5-1 para evitar a entrada da bola em zona onde seriam perigosos. Na segunda parte sabíamos que tínhamos de mudar e acabamos o jogo com dois pontas de lança. A nossa entrada em jogo não foi porque o FC Porto obrigou, mas porque foi a estratégia. O golo ao minuto 42 acaba por desmontar a estratégia que tínhamos para este jogo.”

Reconhece que a equipa podia ter empatado, mas não ficou satisfeito pois acabou por perder o encontro.

Satisfeito não posso estar. A equipa interpretou bem a estratégia que trouxemos para este jogo. Não teve a sorte de fazer golo em duas situações. O FC Porto faz golo de bola parada, com alguma felicidade. E o jogo muda. Na segunda parte fomos mais equipa, diferentes do que tínhamos sido na primeira. Já conseguimos ter bola, mas só criamos mais uma oportunidade pelo Maurides. O FC Porto faz um golo ao minuto 90 naquilo que já vinha a fazer: uma transição. Pode dizer-se que o FC Porto foi eficaz. Podíamos ter igualado pelo Hassan numa situação idêntica à do Herrera.”

Sobre a possível falta de Felipe para penálti, Domingos admite não ter visto o lance e portanto prefere não comentar o lance.

“Lance de Felipe para penálti? Não vi esse lance. Hoje já temos o vídeo-árbitro e espero que tenha agido bem. Não posso comentar mais dessa situação.”

FONTE:MaisFutebol


X