Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

“Do Ocidente para o Oriente” de Natália Gromicho na Casa das Artes

A exposição consiste em 32 obras, pintadas entre 2012 e 2016 por Natália Gromicho. “Do Ocidente para o Oriente – Sol Nascente”, foi inspirada por quatro países: Índia, Timor-Leste, China e Singapura.

CA Notícias "Do Ocidente para o Oriente" de Natália Gromicho na Casa das Artes

Esta será a primeira exposição de Natália Gromicho a solo num museu português.Em comunicado, a artista plástica explicou um pouco do seu trabalho:

“A distância que separa o Oriente do Ocidente foi a base do meu trabalho. Nasce de uma profunda admiração pelos povos orientais. Num território culturalmente tão vasto e rico, abordei apenas o que me é mais caro – disciplina, vestuário, arquitetura. Foi para mim um enorme desafio” 

Títulos como “Fukushima”, “Lago em Tóquio”, “Depois da Pesca” ou “Lost in Singapore” foram pintadas com tinta acrílica sobre tela, óleo ou técnica mista.

A exposição Do Ocidente para o Oriente – Sol Nascente” estará disponível até ao dia 12 de junho na Casa das Artes, no Porto. Os interessado poderão visitar o espaço futuramente, durante o seguinte horário: 

  • Terça-feira a sabado: 10h00-12h15 e 14h30-18h30
  • Segunda-feira e Domingo: 14h30-18h30

O trabalho de Natália Gromicho está muito relacionado com  a ligação ocidente-oriente.  No final de junho de 2016, a artista concluiu uma residência artística na Casa Garden, delegação da fundação Oriente em Macau.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar está a concordar com a utilização dos mesmos. Pode saber mais consultando a nossa Politica de Privacidade. AceitarSaber mais

X