CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Buffon diz adeus à seleção italiana

Foi uma noite que ficará para a história do futebol. Gianluigi Buffon, histórico guarda-redes italiano, disse adeus à seleção de Itália, aos 39 anos, depois de falhar o apuramento para o Mundial da Rússia do próximo ano.

Na hora de despedida o guardião não conseguiu conter as lágrimas, assim como muitos milhares de adeptos que se encontravam no estádio.

“Não tenho pena por mim mesmo, mas sim por todo o futebol italiano. Falhámos em algo que poderia ter um significado também a nível social. Lamento por tudo terminar assim, não pela passagem do tempo. Aqueles que jogaram sabem o quão duros são estes jogos. Não fomos capazes de nos exibirmos ao nosso melhor nível. Faltou-nos capacidade para marcar. Os playoffs são decididos em detalhes e, hoje, os detalhes estiveram contra nós. Mas conseguimos perceber quando ficamos em falta”, disse Buffon sobre a sua despedida e sobre a eliminação de Itália.

No fim, o guarda-redes concluiu com uma mensagem sentida: “Tivemos orgulho, força e fomos persistentes. Sabemos o que temos de fazer para nos levantarmos, como sempre fizemos. A culpa é para ser distribuída por todos. Não pode haver bodes expiatórios. Ganhamos juntos; perdemos juntos. Estou a deixar uma Itália que saberá falar por si mesma. Abraços a todos, especialmente para aqueles que partilharam esta maravilhosa jornada comigo”.

Deixar uma resposta

X