em , ,

Crítica Cinema – ‘Tomb Raider’

Com Alicia Vikander no papel da protagonista Lara Croft, este novo filme baseado nos jogos de "Tomb Raider" tem tantos pontos positivos como negativos. Mas, no geral, vai ser capaz de agradar aos fãs de filmes de ação.

Quase todos jogámos “Tomb Raider” ou vimos os filmes protagonizados por Angelina Jolie e, portanto, estamos familiarizados com a história de Lara Croft. Agora, chega aos cinemas uma nova história, baseada no jogo Tomb Raider de 2013, que traz o rosto de Alicia Vikander para o papel de Lara.

Mv5bnjyymtczodaxn15bml5banbnxkftztgwmzyyndy4mti@. V1 Sy1000 Cr0,0,1344,1000 Al

O filme apresenta-nos uma Lara Croft jovem e ainda em inicio de “carreira” que parte aqui numa aventura para decifrar alguns segredos escondidos pelo seu pai, que estava desaparecido há anos.

Lara parte então para a ilha onde se encontra sepultada Himiko, denominada a Rainha da Morte. E é a partir deste momento que o filme tanto tem momentos bons como maus.

https://canoticias.pt/passatempos/passatempo-cinema-ganha-um-dos-kits-de-merchandising-de-tomb-raider/

Mv5bmjewntk0njm0ov5bml5banbnxkftztgwntcwmdy3ndm@. V1 Sx1500 Cr0,0,1500,999 Al

Comecemos pelos pontos negativos e por isso podemos falar já do início do filme, bastante desenquadrado com tudo o resto: Lara é uma estafeta nas ruas de Londres que recusa a herança deixada pelo pai. Ainda que a ideia de Lara ter uma vida “normal” antes de partir em grandes aventuras e perigos seja boa, a maneira como foi exposta nos minutos iniciais do filme não foi a melhor. Por momentos parece que estamos a ver outro filme, como, por exemplo, o “Encomenda Armadilhada”.

Outro ponto negativo está relacionado com o facto de muitas cenas serem previsíveis e até mesmo clichés. Não querendo revelar grandes pormenores importantes, uma das principais revelações de “Tomb Raider”, relacionada com o pai de Lara, é bastante previsível desde início.

Mv5bmjqynzeymtmzn15bml5banbnxkftztgwotg5mti3mzi@. V1 Sx1500 Cr0,0,1500,999 Al

Agora, passemos ao que mais interessa: os aspetos positivos. Em primeiro lugar, é inevitável comparar o filme com os jogos e, por isso, as sequências inspiradas em missões dos jogos tornam-se bastante interessantes.

Consequência de ser inspirado em jogos, aqui as personagens parecem ter mil e uma vidas e, por isso, temos cenas com muita ação que parecem não ter fim. Isto provavelmente pode não agradar a todos, mas pessoalmente penso que nos ajuda a simpatizar com a personagem principal, até porque chegamos a temer pela sua vida.

Por fim, é preciso destacar a performance de Alicia Vikander, que traz uma Lara Croft completamente renovada e melhor do que era de esperar.

“Tomb Raider” certamente não vai agradar a toda a gente, mas é impossível negar que é um bom filme de ação e até uma boa homenagem à lendária Lara Croft.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Vaarwell e Reis da Républica animam hoje o Musicbox

Energy Tower 8 g2 agora em versão “wood”