CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

[Juvenis] Belenenses, 4 – Louletano, 0

Entrou bem o Louletano, saiu melhor o Belenenses. Desce o pano sobre o Campeonato Nacional: Belenenses manteve quarto lugar, cinco pontos acima da “linha de água”, personificada pelo Portimonense, que na despedida bateu fora o Fabril por 1-0. Brevemente, teremos aqui os comentários dos treinadores João Machado (Belenenses) e Pedro Pereira (Louletano).

Louletano em 4x4x2, com uma defesa e meio-campo tão laboriosos que tomaram conta das operações nos primeiros minutos e ameaçaram marcar, primeiro por Alec Jenkins, depois por Maurício Cardoso. A resposta do Belenenses passava sobretudo pelos detalhes, isto é, em primeiro lugar na forma como Ézio explorava a ala esquerda, mais tarde pela capacidade explosiva de Edu. A partir do quarto de hora este chamou a si as atenções, protagonizando uma sucessão de lances que culminaram no golo inaugural de Hugo. O 2-0 surgiu antes do intervalo, desta vez com ênfase na simplicidade: central (Marco Gomes), lateral (Bruno Saraiva) e golo (Bruno Pires).

A segunda parte foi semelhante à primeira. Uma vez mais, os algarvios entraram melhor e introduziram o esférico na baliza, tendo sido anulado por fora-de-jogo do marcador (Diogo Silva). Entre as ameaças de Ézio e um maior entrosamento do meio-campo, desta vez a diferença saltou do banco, via Filipe Rosário, que assistiu Edu para o 3-0. Pedro Pereira ainda tentou uma derradeira cartada, promovendo Rodrigo Macedo a segundo ponta-de-lança e mudando para 4x1x3x2, adiantando Afonso Fadigas de modo a jogar atrás dos avançados. O tento de honra pairou num par de lances de bola parada, sem contar com o de Alec Jenkins aos 65 minutos, isolado, mas sob pressão acabou por adiantar o esférico em demasia. Menos perdulário, e outra das apostas de João Machado para a segunda parte, seria Guilherme a marcar o 4-0, na sequência de um canto.

Alguns destaques individuais, começando pelo Louletano. Falhou um par de oportunidades, mas esteve algo desacompanhado, tenaz e com detalhes interessantes no jogo aéreo. Por outras palavras, Alec Jenkins foi a principal referência. Quase por igual, gostámos também do lateral Diogo Miguel, com menções honrosas para o médio Afonso Fadigas e ala Diogo Silva. Pelo Belenenses, o irrequieto Edu é o primeiro nome que nos apraz registar. Ainda menções honrosas para o lateral Ézio, médio Gonçalo Canhoto e extremo Hugo, sem esquecer Filipe Rosário, que marcou presença na segunda parte.

Campo nº 3 do Estádio Universitário de Lisboa, 1 de Junho de 2014, 11:00 horas.
14ª Jornada do Campeonato Nacional de Juvenis (2ª Fase, Manutenção/Descida, Série E), 2013/2014.
Sob a arbitragem de João Pinto, auxiliado por Pedro Malheiro e André Dias (AF Lisboa), as equipas alinharam:
Belenenses: 1- Valério; 2- Bruno Saraiva (15- Filipe Rosário, aos 46′), 3- Robson, 4- Marco Gomes e 5- Ézio; 6- Luís Marcelino, 7- Eduardo Correia “Edu”, 8- Gonçalo Tavares e 9- Bruno Pires “cap.” (17- André Marques, aos 66′); 10- Gonçalo Canhoto e 11- Hugo (16- Guilherme, aos 56′). Treinador: João Machado.
Louletano: 1- Paulo Bacôco; 2- Afonso Fadigas “cap.”, 4- João Paulo Lobo (3- Rafael Teixeira, aos 56′), 5- Nuno Machado e 6- João Carlos Mesquita (15- Fábio Justino, aos 61′); 7- Maurício Cardoso, 9- Alec Jenkins, 13- Pedro Silvestre e 14- Diogo Silva (10- Alexandre Correia, aos 71′); 17- Diogo Miguel e 18- Rodrigo Macedo. Treinador: Pedro Pereira.
Golos: 1-0, Eduardo Correia “Edu” (27′); 2-0, Bruno Pires (34′); 3-0, Eduardo Correia “Edu” (58′); 4-0, Guilherme (73′).
Acções disciplinares: amarelos para Robson, Ézio e Filipe Rosário (Belenenses).
Observação: com a saída de Bruno Pires, aos 66′, a braçadeira de “capitão” passou para Luís Marcelino (Belenenses).

Via: Belenenses Jovem

Comentários estão fechados.