CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Record: Fúria Azul diz que “Camará é indigno de vestir a camisola do clube”

Em comunicado emitido no seu site oficial, a “Fúria Azul” esclareceu por que razão vaiou insistentemente o jogador Abel Camará, durante o encontro de preparação com o Oriental, disputado na terça-feira. Segundo a claque do emblema do Restelo, tal atitude será para manter, pois consideram que o jogador “indigno de vestir a camisola com a cor e o símbolo do Clube de Futebol Os Belenenses”.

- Publicidade -

Leia o comunicado:

1. A nossa contestação, bem como de muitos outros adeptos do Belenenses, relativamente ao jogador Abel Camará nada tem a ver com o seu valor futebolístico.

2. Igualmente nada tem a ver com a sua saída, há uns 3 anos atrás, para o Beira-Mar. De resto, há clubes para quem a saída de jogadores do Belenenses, naturalmente, nos desagrada muito mais, enquanto que nada temos contra o Beira Mar, pelo contrário, dada a ligação deste clube à família de um dos fundadores e primeiro guarda-redes do Belenenses, Mário Duarte.

3. O nosso desagrado e repúdio face ao seu regresso ao Belenenses tem sim, a ver com as suas atitudes relativas a adeptos, aquando da anterior relação de funcionário com a Belenenses SAD, e que se expõem, resumidamente nos pontos seguintes:

4. No dia 20 de Março de 2011, depois da derrota do Belenenses em casa do Feirense, o jogador em causa foi um dos que tiveram atitudes de gozo para com os adeptos do Belenenses presentes, e naturalmente descontentes e preocupados com uma exibição e classificação em nada consentâneas com a nossa tradição e grandeza.

5. No dia 10 de Abril do mesmo ano, o Belenenses perdeu na Covilhã, com uma péssima exibição, que nos deixou no impensável risco de despromoção à 2ª b. No final do jogo, alguns adeptos apelaram ao respeito para com o Belenenses, referindo que apesar de vivermos um mau momento, vestir a nossa camisola é um privilégio que deve ser honrado. Nessa altura, o Abel Camará, que estava à distância, avançou para o meio dos adeptos em modos ameaçadores.

6. Na semana seguinte, em dia de jogo com o Restelo com o Trofense, o mesmo Abel Camará fez-se acompanhar de indivíduos que exibiam armas para os adeptos do Belenenses, de forma susceptível de intimidar, facto absolutamente sem precedentes. Esclarece-se que jamais o Abel Camará foi vítima de qualquer ameaça por algum adepto, nada, pois, justificando esta insólita e cobarde atitude.

7. Que funcionários que passam pelo clube e que são remunerados, ameacem sócios e adeptos que amam e sofrem com o clube vidas inteiras, acompanhando-o em todo o lado, com grandes sacrifícios, monetários e outros, é algo que não entendemos, não admitimos e não queremos suportar.

8. Como, adicionalmente, não houve até este momento qualquer elementar pedido de desculpas; como “quem não sente não é filho de boa gente”, e nós somos filhos de 95 anos de história gloriosa do belenenses e de 30 anos de fidelidade e mentalidade ultra e belenense da Fúria Azul, o nosso repúdio mantém-se e manter-se-á para quem consideramos indigno de vestir a camisola com a cor e o símbolo do Clube de Futebol Os Belenenses.”

 

Privacy Preference Center

Cookies necessários

Cookies estritamente necessários devem estar sempre ativados para que possamos guardar as suas preferências para configurações de cookies.

wordpress_logged_in

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?

X