CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Rodrigo Dantas chega com carimbo de vencedor

Em 2011/12 venceu a II Liga pelo Estoril e, em 2013, ganhou o campeonato do Rio de Janeiro pelo Botafogo, onde jogou e se inspirou em Seedorf | Agora, o médio espera ajudar a equipa a ter uma época tranquila


Rodrigo Dantas começou ontem à tarde a trabalhar com o plantel do Belenenses e deixou desde já a promessa de querer manter o ritmo vencedor dos últimos anos: o médio-ofensivo foi campeão carioca em 2013 pelo Botafogo (fez dois jogos) e, em 2011/12, ajudou o Estoril a ganhar a II Liga portuguesa. Sendo os objetivos do Belenenses bem mais modestos, Dantas promete justificar a aposta que recebeu do clube do Restelo e mal pode esperar para se estrear na I Liga.

O grupo recebeu-me muito bem, espero ficar fisicamente bem o mais depressa possível para fazer um bom trabalho e ajudar o grupo. Para já, o pensamento é a permanência, vamos lutar por isso”, afirma o jovem de 24 anos.

Voltar a Portugal foi uma opção bem pensada por Rodrigo Dantas, até porque, diz, “este é um país maravilhoso onde sempre quis regressar”. Por superstição ou não, Rodrigo Dantas escolheu o número 35 para vestir de azul. “Era o número que usava no Botafogo, na equipa do Seedorf e espero ter aqui a mesma sorte que tive lá”, explica.

Na I Liga, Rodrigo Dantas vai cruzar-se com o antigo técnico do Estoril, Marco Silva, por quem o médio vai “torcer, exceto frente ao Belenenses”. “Não me surpreende [estar no Sporting] pois sempre mostrou grande potencial”, recorda.

Dantas tanto pode jogar como “oito” ou como “dez” e a sua chegada confirma a ideia de que Fernando Ferreira estará de saída. O camisola 14 do Belenenses, há três épocas no clube, não entra nas contas de Lito Vidigal para a nova época e, ao que O JOGO apurou, está no mercado, aguardando agora a SAD por propostas satisfatórias e que permitam a saída do atleta. Ontem, o médio treinou com os colegas, mas na peladinha ficou de fora, atrás de uma baliza com uma bola.

por Pedro Miguel Azevedo

http://feeds.feedburner.com/CronicasAzuis

Via: Crónicas Azuis


X