CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

[Juniores] Beira-Mar de Almada, 1 – Belenenses, 2

Bernardo Dias marcou a diferença, já em tempo de compensação, em jogo impróprio para cardíacos. Brevemente, teremos aqui os comentários dos treinadores Henrique Silva (Beira-Mar de Almada) e José Sousa (Belenenses).


Beira-Mar de recursos limitados no ataque, apostando no irrequietismo do ala Paulo Mendes e no porte físico, sobretudo altura, do ponta-de-lança Flávio Semedo. Nada que desse para incomodar sobremaneira o Belenenses, que ripostava no meio-campo pela complementaridade entre a velocidade de Tiago Figueiredo e um perfil mais social de Nuno Januário, que combinava bem com o extremo Dálcio Gomes. Ascendente azul na primeira parte, mas com poucos lances de perigo, neutralizados em última instância pela classe do guarda-redes da casa, Ruben Rocha, ou por má pontaria na hora do remate.

O tempo complementar arrancou praticamente com o 1-0, num remate colocado de Marinho. Daí em diante a pressão azul intensificou-se. Os lances de bola parada passaram a suceder-se junto à baliza do Beira-Mar, tal como as oportunidades de golo iminente. Aos 62 minutos o guardião da casa negou-o com uma excelente defesa, aos 68 foi ultrapassado pela velocidade de Miguel Morais, entretanto lançado em campo, mas a defesa aliviou, aos 71 um bom lance de envolvimento colocou o esférico na cabeça de Tiago Figueiredo, mas este falhou o alvo. No minuto seguinte a mão de Bruno Saraiva (ex-Belenenses) rendeu grande penalidade que não foi aproveitada, graças a mais uma fantástica defesa de Ruben Rocha. Finalmente surgiu o empate, em nova grande penalidade, a valer expulsão. Já com a carne toda no assador, com uma linha defensiva de três elementos e tudo o resto ao ataque, sufocante, o Belenenses logrou operar o volte-face em tempo de compensação, na conversão da terceira grande penalidade, esta a punir derrube sobre Seba.

Alguns destaques individuais, começando pelo Beira-Mar. Ruben Rocha, inconsolável após o jogo, mas excelente exibição, é o primeiro nome que nos ocorre destacar. Depois, vem o central David Martins, tão excelente ao longo dos 90 minutos, nomeadamente no jogo aéreo, que custa a entender o lance contra Seba. Menções honrosas para Paulo Mendes e Marinho. Quanto ao Belenenses, Dálcio Gomes e a sua energia é um expoente máximo, mesmo a nível global. Menções honrosas para o central Rodrigo Dias, médio Nuno Januário e o decisivo Bernardo Dias.

Campo dos Pescadores (Costa da Caparica), 16 de Agosto de 2014, 17:00 horas.
1ª Jornada do Campeonato Nacional Juniores da 1ª Divisão (1ª Fase, Zona Sul), 2014/2015.
Sob a arbitragem de Hugo Silva, auxiliado por Gonçalo Antunes e Rui Cabeleira (AF Santarém), as equipas alinharam:
Beira-Mar de Almada: 12- Ruben Rocha; 2- Bruno Saraiva, 3- Diogo Sousa, 4- David Martins “cap.” e 5- Miguel Natário; 6- Rafael Henriques, 7- Paulo Mendes (15- André Andreso, aos 84′), 8- Marinho e 9- Fininho (13- Rodrigo Silva, aos 64′); 10- Carlos Lopes e 19- Flávio Semedo. Treinador: Henrique Silva.
Belenenses: 1- Fábio Duarte; 2- Rúben Sousa (18- Bruno Pires, aos 83′), 3- Rodrigo Dias, 4- João Correia e 5- Adélcio Varela; 6- João Diogo “cap.” (16- Miguel Morais, aos 59′), 7- João Fernandes (17- Bernardo Dias “Benny”, ao intervalo), 8- Tiago Figueiredo e 9- Sebastião Castela “Seba”; 10- Nuno Januário e 11- Dálcio Gomes. Treinador: José Sousa.
Golos: 1-0, Marinho (47′); 1-1, Bernardo Dias “Benny” (84′, g.p.); 1-2, Bernardo Dias “Benny” (90+4′, g.p.)
Acções disciplinares: amarelo para Bruno Saraiva e David Martins (Beira-Mar de Almada); Rúben Sousa (Belenenses). Vermelho directo para Bruno Saraiva, aos 83′ (Beira-Mar de Almada).
Observação: com a saída de João Diogo, aos 59′, a braçadeira de “capitão” passou para Dálcio Gomes (Belenenses).

Via: Belenenses Jovem


X