Gonçalo Brandão: «Continuar foi sempre a minha primeira opção»

A permanência ainda não está completamente acertada, visto faltarem resolver ainda alguns problemas burocráticos, mas Gonçalo Brandão já foi autorizado a treinar-se no Restelo sob as ordens de Lito Vidigal. Satisfeito, o defesa-central apenas lamenta não ter realizado o estágio de pré-temporada juntamente com os restantes companheiros de equipa.


“Está tudo praticamente acertado para a minha permanência. Há ainda burocracia a acertar, devido à situação do Siena [os direitos desportivos pertencem em partes iguais a este clube e ao Parma], mas continuar no Belenenses foi sempre a minha primeira opção. Havia interesse de ambas as partes e só foi pena não ter iniciado a preparação com a equipa logo desde o início”, refere.

De qualquer forma, Gonçalo Brandão confia em colocar-se rapidamente ao nível físico dos companheiros. “Tenho estado a trabalhar sozinho, mas à base de corrida e sem bola, seguindo algumas indicações da equipa técnica do Belenenses. Tenho a certeza que vou recuperar os índices físicos”, afirma, pleno de confiança.

Com mais três anos de contrato com os transalpinos, Gonçalo Brandão pensa, acima de tudo, em realizar uma boa campanha no Restelo e mesmo a Seleção –já foi internacional A – não o preocupa, apesar de esta ser uma altura em que se fala de renovação do quadro de jogadores. “Não penso nisso, não porque não acredite em mim e nas minhas potencialidades, mas quero estar focado no Belenenses e em ajudar a equipa. Tudo o resto acontecerá como consequência do trabalho aqui”, conclui.

anuncio
  

O Belenenses faz parte do teu dia a dia?

Junta-te a nós, juntos vamos divulgar mais e melhor o Belenenses!

Candidata-te aqui - https://goo.gl/jfTi3z Ou segue-nos no facebook em CA Notícias

X