Fredy dá sossego

O Belenenses conquistou, frente ao Nacional, a segunda vitória noutros tantos jogos do campeonato, desta feita com exibição muito consistente, perante um adversário que muito cedo ficou condicionado com a expulsão de Ali Ghazal. Três remates perigosos da equipa de Lito Vidigal nos primeiros minutos conferiram vivacidade ao ataque do Belenenses, com Miguel Rosa e Rodrigo Dantas em destaque.


Para além disso, Deyverson numa das primeiras vezes em que tocou na bola fez golo, num belo gesto técnico. O Belenenses pareceu sempre mais articulado do que o adversário e foi crescendo no jogo. Aos 23, Deyverson dispôs de nova situação clara para marcar mas errou o alvo.

Manuel Machado não gostava do que via e fez duas alterações de uma assentada promovendo as entradas de João Aurélio e Marco Matias. Só que, pouco depois, numa jogada de insistência de Camara pela esquerda, nasceu o 2-0, com Deyverson a assistiu compatriota Rodrigo Dantas à entrada da área. O remate do ex-Botafogo ainda foi desviado por um insular.

À entrada da segunda parte, Carlos Xistra deu o segundo amarelo a Ali Ghazal, que terá dado, a meio-campo, mão na bola. Com menos um, o Nacional ainda regressou à discussão do jogo, depois de um penalti a punir falta, duvidosa, de Camará sobre Sequeira.

Marco Matias reduziu para 2-1 e, durante alguns minutos, o Belenenses pareceu pouco seguro. A entrada de Fredy animou os azuis. O angolano foi, a par de Tiago Silva, escolha de Lito para o que restava do jogo e bastaram quatro minutos no relvado para resolver o jogo com um golo de antologia.

anuncio
  

O Belenenses faz parte do teu dia a dia?

Junta-te a nós, juntos vamos divulgar mais e melhor o Belenenses!

Candidata-te aqui - https://goo.gl/jfTi3z Ou segue-nos no facebook em CA Notícias

X