Estabilidade na baliza para garantir pontos

É hábito em qualquer plantel haver, pelo menos, um guarda-redes novo no início de cada temporada. No Belenenses assim não aconteceu e a opção foi pela estabilidade. Uma política que, de resto, se mantém há três anos com Matt Jones, Filipe Mendes e Rafael Veloso. Isto sempre com o mesmo comandante específico: o ex-guarda-redes do clube Luís Ferreira.


O inglês tem sido a opção preferencial de todas as equipas técnicas que passaram pelo Restelo, mas isso não quer dizer que não possa perder o estatuto. É Luís Ferreira quem o admite, considerando que a continuidade dos três é vantajosa para o Belenenses. “O facto de se terem mantido é porque o trabalho realizado foi reconhecido. O clube tem a ganhar, até porque já se conhecem muito bem. Quanto à titularidade, o Matt Jones tem feito boas épocas, mas sabe que não pode vacilar, porque os outros estão preparados para entrar na equipa a qualquer momento. No fundo, não há estatuto adquirido e quem está melhor é que joga”, sublinha o técnico, que constata evolução e considera-se por isso satisfeito.

“Nota-se que os três melhoraram em vários aspetos e penso que a baliza está bem guardada com esta opção pela estabilidade. Com a ajuda da restante equipa, podem garantir muitos pontos durante o campeonato”, sublinha Luís Ferreira, que jogou no Restelo entre 1995 e 2003.

Sonho inglês

Matt Jones, o titular à partida, acredita numa boa época e não esconde o sonho de regressar a Inglaterra. O Southampton chegou a ser falado, mas propostas não existiram. “Nunca falaram comigo e a minha cabeça está aqui. Claro que ambiciono jogar em Inglaterra, é um sonho”, reconhece.

Rafael Veloso, por seu lado, assume que o inglês “parte em vantagem”, mas não vai acomodar-se. “Farei o melhor para dificultar a vida ao Matt, até porque ninguém trabalha para ficar no banco. Espero ter oportunidades e o meu momento há de chegar”, confia.

Quanto a Filipe Mendes, de quem se disse que podia sair, ficou e está contente. “É o meu clube. Não hesitei em renovar. Temos qualidade na baliza e o Matt não pode desconcentrar-se. Esperamos todos fazer um bom campeonato”, destaca.

Mailó e Nunes em recuperação

O cabo-verdiano Mailó chegou ontem às termas de São Miguel, em Fornos de Algodres, e já faz recuperação da lesão muscular no adutor esquerdo em pleno estágio. O dianteiro juntou-se a Fábio Nunes, que também parou na terça-feira, devido a uma tendinite.

Ambos os reforços fizeram ginásio e trabalho específico no terreno sob a orientação do fisioterapeuta Rodolfo Candeias.

anuncio
  

O Belenenses faz parte do teu dia a dia?

Junta-te a nós, juntos vamos divulgar mais e melhor o Belenenses!

Candidata-te aqui - https://goo.gl/jfTi3z Ou segue-nos no facebook em CA Notícias

X