Antevisão: Fazer do Restelo uma fortaleza

Costuma-se dizer que à terceira é de vez. É por certo nesse ditado popular que os homens orientados por Domingos Paciência vão confiar, sendo o jogo deste sábado, às 18h15 no Restelo, frente ao Marítimo, o terceiro jogo oficial, tendo os anteriores acabaram da mesma forma: derrota por 1-0 (Real SC e Rio Ave). Pela frente terá um conjunto madeirense que ainda não perdeu nos seus 3 jogos oficiais esta temporada e que está moralizado pela boa prestação europeia.

O Marítimo perdeu jogadores influentes como Fransérgio, Maurício ou Raúl Silva, mas ficou com o elemento mais importante da temporada anterior: Daniel Ramos. O treinador dos insulares está de pedra e cal na Madeira e resistiu ao assédio de bons clubes estrangeiros para continuar um projecto que iniciou sem ser de raiz a temporada anterior. O estilo de jogo está consolidado e as transições defensivas são o prato forte. Com uma  defesa menos sólida, mas com o ingresso de alguns bons elementos do ataque, a Europa continua a ser objectivo primordial para 2017/2018.

Do lado azul de Lisboa, o Belenenses vai fazer de tudo para reverter as más exibições e resultados recentes. Para isso, Domingos estará a tentar que a equipa interiorize e se adapte a um sistema de jogo: ou 3-5-2 ou 4-3-3. Com João Diogo como baixa de última hora (rescindiu e rumou à Roménia), André Geraldes é a grande novidade no plantel, que se espera já poder contar com Miguel Rosa, lesionado há umas semanas. A única baixa é Fredy e Maurides deve voltar a ser titular, bem como o sistema a voltar a mudar para este encontro. Se os azuis perderem, as coisas ficam cada vez piores para o moral da equipa. Importa melhorar as fragilidades defensivas e ser mais forte na hora de finalizar.

você pode gostar também Mais do autor

  1. J. Caldeira Diz

    Boas!
    Vi ao vivo o CSM com o PF e, francamente, não me parece aconselhável jogar com três defesas. O meio-campo deles tem dois jogadores que fazem toda a diferença e na defesa têm o Luis Martins, à esquerda, que está num bom momento e faz todo o corredor.
    Por mim apostava num 4X1X3X2 com os n/ medios a anularem as iniciativas de Erdem Sen e Gamboa, os organizadores do jogo, e a lançarem os n/ avançados.
    Mas isto sou eu a pensar…
    Vamos à luta!
    Azuis somos só Nós…os Belenenses!!!

  2. Pedro BP Diz

    Literalmente ! Tudo ao molho à frente da baliza e, com um bocado de sorte, talvez não entre nada. Se abdicar da “táctica” do autocarro de 6 defesas à frente da baliza, o Belenenses tem 39 % de probabilidades de ganhar o jogo, o Marítimo tem 27% de probabilidades de ganhar o jogo e a probabilidade do empate é de 34%. Podemos até ser “favoritos”, mas temos que atacar. Agora, está nas mãos do treinador decidir se vamos jogar (outra vez) só para o pontinho…ou não.

  3. António Pereira
    António Pereira Diz

    Esqueçam-se por 2 horas das “guerrinhas” entre Clube e SAD e apoiem a equipa que é o que interessa neste momento. Se a equipa de futebol estiver mal, todos perdemos. Sejam Belenenses. (Quando tivermos de discutir o destino do Belenenses, discutiremos, no momento e no local próprios). Viva o Belém.

  4. manuel dias rosas Diz

    já ninguém joga com 3 centrais, deixe-se de tretas e ponha os melhores jogadores com qualidade a jogar, pois a tática esta toda baralhada. mudou todos os jogadores em cada jogo.
    já são muitos defesos e isto não augura nada de bom.

  5. Henrique Rodrigues
    Henrique Rodrigues Diz

    Para o Restelo voltar a ser a “fortaleza” que já foi, não basta uma grande equipa..É preciso a presença em força dos adeptos e que puxem pela equipa.Neste aspecto ficamos em último…

    1. Miguel Antunes
      Miguel Antunes Diz

      Nem mais caro Henrique! Digo isto há décadas … 50% de uma vitória estará sempre na força da massa adepta no Restelo.

  6. Jose Maria
    Jose Maria Diz

    É ISSO SE ATE O MASSAMA ASSALTOU AHHHH NAO HAVIA ARMAS OK E AGORA ESTAO ARMADOS OU ARMADOS EM PARVOS

Deixar uma resposta