CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

25 anos depois

By [email protected] (crónicas azuis)

BOLA NA REDE – CRÓNICA DE NUNO PERESTRELO

A última Taça de Portugal ganha pelo Belenenses foi em1989, passam esta quarta-feira 25 anos. Hoje, com pouco mais de 4 mil sócios pagantes – ainda que com muitos simpatizantes – já sem controlo do futebol, cuja SAD foi vendida, com o complexo das piscinas fechado e a caminhar para ruínas, com as contas estranguladas por um Processo Especial de Revitalização (PER),sem capacidade para discutir títulos em modalidades históricas como o andebol, chega o momento decisivo. A definição do tipo de vida que há de ficar.

Se a venda da SAD deu agora origem a ação em tribunal para anular algumas das condições do negócio, a Direção está já empenhada num novo acordo que diz ser vital: a cidade Belenenses.

Em linhas gerais, a cidade Belenenses é um projeto imobiliário que visa construir um pavilhão, um health-club, uma universidade, um supermercado e residências assistidas. Nada que agrida a zona envolvente, tudo aparentemente dentro de padrões de bom gosto. O problema está então nos termos do negócio. Não tendo dinheiro para investir 66 milhões de euros, a Direção do clube encontrou num grupo promotor o parceiro que considerou ideal. Com ele negociou um memorando de entendimento que traça as condições do negócio e agora espera luz verde dos sócios para avançar – precisa de aprovação em AG.

Aqui começa o problema: mesmo tendo já assinado um memorando de entendimento, as condições do negócio não são públicas. Há um acordo de confidencialidade (ainda que proibido pelo artigo 74 dos estatutos do clube) que impede a Direção de dizer aos associados o que pretende que eles aprovem.

Não é revelado, por exemplo, se o memorando contempla penhoras sobre direitos de superfície dos terrenos do Restelo (algo que necessita da aprovação de dois terços dos presentes na AG), nem se ao fim dos anos de vigência do contrato este é renovado automaticamente por períodos indeterminados de tempo e sem redistribuição das receitas. Um negócio importante como este não pode ser feito em segredo. Sob o risco de a coisa acabar mal…

Fonte: Crónicas Azuis

anuncio
  

O Belenenses faz parte do teu dia a dia?

Junta-te a nós, juntos vamos divulgar mais e melhor o Belenenses!

Candidata-te aqui - https://goo.gl/jfTi3z Ou segue-nos no facebook em CA Notícias