CA Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Claque à espera de desculpas de Camará

Apesar das boas exibições, designadamente, no particular em Setúbal, em que o luso-guineense fez um golo e uma assistência, a claque ainda espera um pedido de desculpas


A história tem mais de três anos, mas está viva na memória da Fúria Azul, a principal claque do Belenenses. A 11 de março de 2011, após derrota caseira com o Covilhã, Abel Camará ter-se-á dirigido aos adeptos em tons ameaçadores e, no jogo seguinte, com o Trofense, alegadamente, ter-se-á feito acompanhar por indivíduos que exibiram armas como forma de intimidar. Com o avançado de volta, após dois anos de cedência ao Beira-Mar e um na Roménia, o episódio não é esquecido. Apesar das boas exibições, designadamente, no particular em Setúbal, em que o luso-guineense fez um golo e uma assistência, a claque ainda espera um pedido de desculpas.

Não queremos que isto avance muito, porque é mau para a equipa. Houve a possibilidade de uma reunião com o jogador, mas depois não se fez e não se proporcionou, porque ele disse nos jornais que nunca tinha ameaçado ninguém e que tínhamos inventado tudo. A partir daí, achámos que não fazia sentido procurarmos o perdão“, explicou a O JOGO fonte da Fúria Azul.

Embora insatisfeita com o regresso do atacante ao Belenenses, a claque não pretende voltar a assobiar nem insultar Abel Camará durante os jogos, como sucedeu no particular com o Oriental. Entendem que isso “pode prejudicar o rendimento da equipa em campo” e que “o clube tem problemas bem mais graves do que este.”

por Miguel Gouveia Pereira

Via: Crónicas Azuis

anuncio
  

O Belenenses faz parte do teu dia a dia?

Junta-te a nós, juntos vamos divulgar mais e melhor o Belenenses!

Candidata-te aqui - https://goo.gl/jfTi3z Ou segue-nos no facebook em CA Notícias

X