Crítica: “Colossal”

As consecutivas mudanças de rumo do filme, assente numa premissa que valeu a pena ser desenvolvida, torna o filme intrigante e cómico mas com falhas na história - naturais de quando se quer levar a história a extremos imaginativos.

Crítica – Foge (Get Out)

Get Out (Foge) torna-se assim um filme que merece ser visto, ainda para mais nos dias que correm. Confia na astúcia e inteligência do espectador, dando uma experiência cinematográfica diferente do que tem sido habitual.
X