Teatro GRIOT apresenta “Posso saltar do meio da escuridão e morder”

O Teatro dos Aloés acolhe, nos Recreios da Amadora, entre os dias 25 e 27 de janeiro, a peça Posso saltar do meio da escuridão e morder, do Teatro GRIOT, que conta com as interpretações de Daniel Martinho, Gio Lourenço e Zia Soares e encenação de Rogério de Carvalho.Sinopse | Teatro GRIOT – “Posso saltar do meio da escuridão e morder”

«O que vive abaixo da superfície da sujeição? A ausência de liberdade pode fazer morrer uma alma? A insubmissão surge como a única possibilidade de sobrevivência para uma mulher, que se descobre mulher e negra no contexto dos lugares estanques da escravatura. O percurso do espetáculo é afinal uma provação como via para a consciência. Entre o imaginário, o simbólico e o real, Daniel, Gio e Zia avançam em direção à lucidez – na 1.ª pessoa, na 3.ª pessoa, por vezes em ambas – à própria palavra que gera uma voz e um corpo mineral, vegetal, animal».

Sobre o Teatro GRIOT

O Teatro GRIOT é uma companhia de atores que se dedica à exploração de temáticas relevantes para a construção e problematização da emergente identidade europeia contemporânea, intercultural e desterritorializada, e do seu reflexo no discurso e na estética teatral. A identidade e as dinâmicas inter-identitárias, entre o africano e o europeu, e o território de interseção entre ambos, são um dos eixos de desenvolvimento das atividades da companhia, o que se reflete na programação, na escolha dos textos, dos encenadores e dos atores. A Memória e o Esquecimento, a Transgressão, a Língua, os Espaços Intersticiais e o Outro são conceitos estruturantes da companhia.

Sessões:
25 a 27 de janeiro
Sexta e sábado, às 21h30 | Domingo, às 16h00

- Publicidade -